ARTE CIRCENSE NA ESCOLA: POSSIBILIDADE - Doi: http://dx.doi.org/10.5212/OlharProfr.v.11i1.197207

Conteúdo do artigo principal

Ana Carolina Pontes Costa
Marcos Sergio Tiaen
Márcia Regina do Nascimento Sambugari

Resumo

O presente artigo versa sobre o papel interdisciplinar do circo na escola, analisado numa perspectiva sociológica na medida em que as realidades sociais presentes nesse contexto são problematizadas. Com o estudo realizado no projeto O papel interdisciplinar do circo no trabalho educativo algumas indagações emergiram frente ao modelo curricular tradicional que ainda perpassa a prática pedagógica de professores na realidade das escolas das séries iniciais do Ensino Fundamental. Embora o circo não seja contemplado como conteúdo programático no currículo das escolas, este texto dialoga com vários estudos tanto no âmbito internacional, quanto no contexto brasileiro, destacando o caráter interdisciplinar do circo no trabalho didático do professor não apenas de Educação Física. Contextualiza o circo e a interdisciplinaridade no Brasil, bem como tece algumas análises a partir do projeto realizado. As análises apontam um duplo movimento: de um lado, a possibilidade das técnicas circenses serem inseridas no universo escolar, numa perspectiva interdisciplinar; e, de outro, a existência de muitas barreiras para o desenvolvimento de um trabalho pedagógico pautado na interdisciplinaridade, seja pela lacuna de conhecimentos acerca dos processos interdisciplinares por parte dos envolvidos no processo educativo, seja pela pouca possibilidade de alterações de facetas do habitus docente para romper a disciplinaridade. Buscar uma atuação pedagógica que contemple e vivencie a dimensão lúdica e interdisciplinar significa abrir espaços para que a sala de aula seja um ambiente em que o autoritarismo é trocado pela livre expressão da atitude interdisciplinar, bem como um espaço de interrelação e convivência.

 

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
COSTA, A. C. P.; TIAEN, M. S.; SAMBUGARI, M. R. do N. ARTE CIRCENSE NA ESCOLA: POSSIBILIDADE - Doi: http://dx.doi.org/10.5212/OlharProfr.v.11i1.197207. Olhar de Professor, [S. l.], v. 11, n. 1, 2009. DOI: 10.5212/OlharProfr.v.11i1.197207. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/1508. Acesso em: 20 ago. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)