CURRÍCULO: UMA ABORDAGEM CONCEITUAL E HISTÓRICA

  • Elisabeth Silveira Schmidt
Palavras-chave: currículo, Sociologia do currículo, teorias curriculares no Brasil

Resumo

O currículo deve ser alvo de inúmeros estudos pelos profissionais da educação, pois sem uma compreensão do que tenha acontecido nessa esfera, as outras mudanças têm pouco sentido e quase nenhuma razão de ser. A finalidade desta investigação é esboçar alguns dos ingredientes essenciais ao estudo da Teoria de Currículo: uma abordagem conceitual e histórica de currículo, como um movimento de contínua análise, reformulação, problematização e questionamentos, tendo a Sociologia do Currículo como um importante e fundamental elemento. A abordagem leva em consideração que currículo não é um elemento inocente e neutro de transmissão desinteressada do conhecimento social, que não é um elemento transcendental e atemporal, portanto tem história, que precisa ser estudada e compreendida. A caminhada conceitual e histórica realizada, inclusive abordando especificamente o caso Brasil, revela que a construção das conceituações de currículo são produções humanas que estão marcadas pelas opções valorativas realizadas em cada tempo e lugar, construindo a concepção curricular vigente, sempre com a idéia de que ela é a mais nova e a melhor para o contexto vivido.

Seção
Artigos