13 DE MAIO DE 1888 UMA RELEITURA DOS EVENTOS ABOLICIONISTAS DO SÉCULO XIX PELA CRÔNICA DE LIMA BARRETO

Autores

Resumo

Este artigo problematiza modos com os quais a crônica de Afonso Henriques de Lima Barreto (1881-1922) dialogou com os discursos oficiais de progresso, entre os quais se inseriu a novidade abolicionista. A partir da análise do tratamento que o literato realiza dos eventos históricos em torno dos festejos da “lei Áurea”, nossa análise vai identificando um elaborado expediente organizado pelo cronista para comunicar outras temporalidades. No comprometimento do escritor com os marginalizados pelos discursos oficiais, o registro alcançado pôde ser lido como uma autêntica intervenção literária nas narrativas que versam sobre os eventos abolicionistas no país.

Downloads

Publicado

2022-12-05

Como Citar

SHIMITT HUAPAYA, R. 13 DE MAIO DE 1888 UMA RELEITURA DOS EVENTOS ABOLICIONISTAS DO SÉCULO XIX PELA CRÔNICA DE LIMA BARRETO. Muitas Vozes, [S. l.], v. 11, 2022. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/muitasvozes/article/view/20735. Acesso em: 9 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê Escrever o século XIX