O PROTAGONISMO DA MULHER E SUA REPRESENTATIVIDADE NO DESENVOLVIMENTO LOCAL DA AGRICULTURA FAMILIAR

Resumo

O estudo se propôs a analisar o trabalho reprodutivo e produtivo das agricultoras familiares no município de Itaqui-RS e seu impacto na geração de renda das famílias. Buscou-se destacar o trabalho das mulheres na agricultura e o protagonismo negado, avaliando e expondo o seu papel no desenvolvimento local. A metodologia utilizada foi baseada em uma pesquisa qualitativa de caráter descritivo. A pesquisa foi realizada com doze agricultoras feirantes e as entrevistas foram realizadas no ambiente da feira do agricultor. Constatou-se o importante papel no desenvolvimento local através do trabalho das mulheres na agricultura familiar, tanto nas atividades reprodutivas como produtivas. Portanto, fica evidente que as agricultoras, através do seu trabalho e na sua atuação nas mais diversas esferas sociais, protagonizam o desenvolvimento local da agricultura familiar.

Biografia do Autor

Albina Graciéla Aguilar Meus, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Aluna de Graduação da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Itaqui - RS, Brasil.

Luciana Zago Ethur, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Professora da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Itaqui - RS, Brasil. Doutorado em Agronomia. 

Publicado
2021-06-14