O ENTENDIMENTO POSSÍVEL, AÇÃO COMUNICATIVA E JUSTIFICAÇÃO RECÍPROCA EM HABERMAS

communicative action and reciprocal justification in Habermas

Autores

Resumo

Na concepção de Habermas o agir comunicativo está fundado na ampliação dos horizontes éticos individuais tendo em vista a consideração de questões que dizem respeito ao que é bom para todos. De modo a revelar como, por meio da interação discursiva, os indivíduos poderiam chegar a um entendimento acerca de seus interesses e necessidades, ele procurou evidenciar como o uso racional e pragmático da linguagem é capaz de promover o entendimento mútuo e um acordo provisório entre os participantes de discussões na esfera pública. Este artigo destaca a importância da linguagem na teoria habermasiana a partir de uma reflexão acerca dos elementos que estruturam o jogo discursivo no qual os interlocutores devem escutar uns aos outros, justificando suas posições reciprocamente, em meio ao conflito de opiniões e ao anseio por reconhecimento.

Biografia do Autor

Ângela Cristina Salgueiro Marques, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Comunicação Social pela UFMG. Pós-Doutora em Ciências da Comunicação pela Université Stendhal, Grenoble III. Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG.

Downloads

Publicado

2022-12-05

Como Citar

SALGUEIRO MARQUES, Ângela C. O ENTENDIMENTO POSSÍVEL, AÇÃO COMUNICATIVA E JUSTIFICAÇÃO RECÍPROCA EM HABERMAS: communicative action and reciprocal justification in Habermas. Muitas Vozes, [S. l.], v. 11, 2022. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/muitasvozes/article/view/19778. Acesso em: 9 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos