ESTUDO DA CURRICULARIZAÇÃO DA EXTENSÃO NO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO

Resumo

O Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2024 instituiu, na estratégia 12.7, que deve ser creditado no currículo dos cursos de graduação no mínimo 10% do total de créditos curriculares em extensão. O objetivo deste artigo foi diagnosticar se os Projetos Pedagógicos dos Cursos de Graduação (PPCs) do Centro Universitário Norte do Espírito Santo (CEUNES) estão atendendo essa estratégia. Realizou-se um estudo exploratório, natureza qualitativa, caracterizado como estudo de caso. Para coleta de dados, ocorreu levantamento das ações extensionistas, análise dos PPCs e aplicação de questionários. Os resultados apontaram número baixo de ações registradas no Sistema de Informação; Extensão inserida como Atividades Complementares nos Projetos Pedagógicos e os Coordenadores de Curso e Presidentes dos Núcleos Docentes Estruturantes (NDE) necessitam discutir a forma de vincular as atividades extensionistas aos respectivos componentes curriculares. Este artigo é resultado de uma dissertação de Mestrado vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública da Universidade Federal do Espírito Santo.

Biografia do Autor

Carla Viviane Novais Cabral de Oliveira, Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Assistente em Administração da Universidade Federal do Espírito Santo - Vitória - ES, Brasil. Mestrado em Gestão Pública.

Marielce de Cássia Ribeiro Tosta, Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Professora da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) - Vitória - ES, Brasil. Doutorado em Economia Aplicada.

Publicado
2021-05-18