PROJETO DE EXTENSÃO: AS CONTRIBUIÇÕES PARA O ALCANCE DA AGENDA 2030 PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Resumo

O objetivo deste artigo foi analisar as ações de educação ambiental executadas no âmbito da extensão por alunos e professores do IFCE, no período de 2015 a 2019, desenvolvidas no Projeto Casa Maranguape, com relação à adoção dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030. Esta investigação teve abordagem qualitativa e pautou-se em pesquisa documental, com técnica de análise de conteúdo de dados, descrita por Silva e Fossá (2015). Os contextos educacionais enfatizaram a ação extensionista e sua contribuição para o alcance dos ODS. Os resultados mostram abordagem em educação ambiental de 67% das atividades, com aderência de 11 entre os 17 ODS, demonstrando interdisciplinaridade com a Agenda 2030. Quanto à contribuição à prática docente, observaram-se o compromisso social da Instituição e a realização da missão fundamental da extensão, que é dar respostas à sociedade, além da aquisição de saberes experimentais voltados ao desenvolvimento local sustentável.

Biografia do Autor

Nájila Rejanne Alencar Julião Cabral, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Ceará - UFCE

Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Ceará (IFCE), Fortaleza - CE, Brasil. Doutorado em Ciências da Engenharia Civil. Pós-Doutorado em Engenharia Civil. 

Maria de Lourdes da Silva Neta, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - UECE

Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Maranguape - CE, Brasil. Doutorado em Educação. 

Adeildo Cabral, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - UFCE

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (UFCE), Fortaleza - CE, Brasil. Doutorado em  Ciências da Engenharia Ambiental. Pós-doutorado em Engenharia Civil. 

Publicado
2021-04-12