PERCEPÇÕES SOBRE COGNIÇÃO E QUALIDADE DE VIDA EM IDOSAS APÓS UMA INTERVENÇÃO MUSICOTERAPÊUTICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5212/Rev.Conexão.v.18.19597-005

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo analisar as representações de pessoas idosas sobre aspectos cognitivos e a percepção de qualidade de vida após uma intervenção de musicoterapia. Método: análise de entrevista pós-intervenção musicoterapêutica com vinte pessoas idosas aposentadas, participantes do Programa Viver a Vida do governo do estado, pelo software IRaMuTeQ e análise de conteúdo de Bardin. Resultados: a palavra mais evocada foi a ‘música’, pois a partir dela todas as percepções foram possíveis. Junto a ela estavam as palavras de relação e frequência mais fortes apresentadas nos discursos, como ‘melhorar’, ‘ajudar’, ‘procurar’ e suas órbitas relativas como ‘atenção’, ‘físico’, ‘memória’, ‘lembrar’, ‘cantar’ e ‘vida’, mostrando que para as participantes a musicoterapia pode influenciar positivamente em vários aspectos cognitivos, de saúde e de qualidade de vida em geral. Conclusão: a intervenção musicoterapêutica possibilita a participante experienciar uma nova forma de viver saudável.

 

PALAVRAS-CHAVE: Musicoterapia; pessoa idosa; cognição; qualidade de vida.

Biografia do Autor

Mariana Lacerda Arruda, Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR

Professora da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Curitiba - PR, Brasil. Aluna de Doutorado da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba - PR, Brasil.

Fabio Ricardo Hilgenberg Gomes, Faculdade Sant'Ana

Professor da Faculdade Sant'Ana, Ponta Grossa – PR, Brasil. Doutorado em Educação. 

Gerson Flores-Gomes, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Aluno de Doutorado da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba - PR, Brasil.

Sheila Maria Beggiato, Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR

Professora da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Curitiba - PR, Brasil. Aluna de Doutorado da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba - PR, Brasil.

Valdomiro de Oliveira, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba – PR, Brasil. Doutorado em Educação Física.

Gislaine Vagetti, Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR

Professora da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Curitiba - PR, Brasil. Doutorado em Educação Física.

Downloads

Publicado

2022-02-16