Pe. José: Do Comunicador Comunitário ao Santo Milagreiro

  • Víviam Lacerda de Souza Universidade Metodistas de São Paulo

Resumo

A iniciativa de um padre de criar formas de comunicar e entreter sua comunidade por meio de um alto-falante fez com que o aparato se tornasse o principal meio de informação local por décadas, articulando o povo conforme seus costumes e tradições, integrando-se à vida cotidiana. O objetivo é identificar o que leva uma pessoa com vocação para o atendimento das necessidades locais a adquirir prestígio e se tornar milagreiro após a morte. A metodologia utilizada é a pesquisa bibliográfica, documental, e as entrevistas semiestruturadas. Conclui-se que o padre foi um comunicador comunitário, com personalidade de líder de opinião e, por razão de seu prestígio religioso, seus feitos comunicacionais se sobressaíram em um contexto comunitário de escassez, e tanto o êxito do sistema comunicacional quanto a devoção ao padre podem estar arraigados em convicções filosóficas.

Biografia do Autor

Víviam Lacerda de Souza, Universidade Metodistas de São Paulo
Doutoranda em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp). Mestre em Educação, Administração e Comunicação Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda.
Publicado
2016-04-28
Seção
ARTIGOS E ENSAIOS