A atuação de Dom Jaime Luiz Coelho na Diocese de Maringá: fronteiras sucessivas em Paranavaí (1956-1979)

Resumo

A proposta deste artigo é refletir sobre o papel desempenhado por Dom Jaime Luiz Coelho, bispo (1957- 1979) e arcebispo (1979-1997) de Maringá-PR, pontuando sua atuação à frente das paróquias durante o período em que Paranavaí pertenceu à Diocese de Maringá. E, especificamente, pontuar a conduta do bispo em relação aos freis da Província Carmelita de Bamberg, missionários precursores que integraram o amplo processo de desenvolvimento da instituição católica no Paraná. O texto analisa a edificação da instituição católica no Paraná como parte de um processo de desenvolvimento territorial, demográfico e civilizador do estado, tendo por base o conceito de fé e territorialidade proposto pela geografia cultural. A criação da Diocese de Paranavaí, desmembrada da Diocese de Maringá, sob o bispado de Dom Jaime e a liderança dos freis carmelitas, oportuniza concluir que a história da Igreja Católica no Norte e Norte Novíssimo do Paraná e o desenvolvimento histórico-social da região

Biografia do Autor

Leide Barbosa Rocha Schuelter, UEM

Doutoranda em História do curso de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual de Maringá (UEM). E-mail: leideschuelter@hotmail.com

Publicado
2021-06-18
Como Citar
BARBOSA ROCHA SCHUELTER, L. A atuação de Dom Jaime Luiz Coelho na Diocese de Maringá: fronteiras sucessivas em Paranavaí (1956-1979). Revista de História Regional, v. 26, n. 1, 18 jun. 2021.