Entre o espaço público e o privado: O caso da transferência da Capital Federal do Brasil

Resumo

Este artigo versa sobre as relações de interesse entre o público e o privado no início do regime republicano brasileiro tendo como enfoque os polêmicos debates entre o deputado cearense Domingos Jaguaribe e o engenheiro Luiz Cruls, encarregado da Comissão científica responsável pelos primeiros estudos sobre o território que iria alojar o Distrito Federal, no Planalto Central, nos idos de 1892. Como fontes de dados, foram utilizados relatórios científicos, folhetos e correspondências trocadas entre o deputado e o engenheiro, disponíveis no Senado Nacional. O estudo dessas fontes deixou à mostra que a jovem república brasileira nasceu corrompida pela confusão entre a esfera pública e privada e que o antigo modelo colonial patrimonialista continuou mantendo os interesses e o pragmatismo das elites, à revelia dos estudos científicos.

Biografia do Autor

Valéria Zanetti, Universidade do Vale da Paraíba (UNIVAP)

Doutora em História Social pela PUC/SP. Professora do Programa de pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional da Universidade do Vale do Paraíba (Univap).

Maria Aparecida Chaves Ribeiro Papali, Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP)

Possui graduação em Historia pela Universidade do Vale do Paraíba, Mestrado em História do Brasil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996) e Doutorado em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001). Atualmente é professor doutor da Universidade do Vale do Paraíba, atuando na Graduação ( Curso de História e Geografia) e na Pós- Graduação, como docente permanente do Mestrado em Planejamento Urbano e Regional, na Linha de Pesquisa "Sociedade, Espaço e Cultura". É coordenadora do Núcleo de Pesquisa "Pro-Memória São José dos Campos" e do Laboratório de Pesquisa e Documentação Histórica/ IP&D/UNIVAP.

 

Sandra Maria Fonseca da Costa, Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP)

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1989), doutorado em Informação Espacial pela USP (1996), com estágio sandwich na University of New South Wales (1995). Fez seu estágio pós-doutoral na Indiana University no período 2007-2008. Atualmente, é professor adjunto da Universidade do Vale do Paraíba. Tem experiência na área de Planejamento Urbano e Regional, com ênfase em Planejamento Urbano e Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: espaço urbano, planejamento urbano, geotecnologias, degradação ambiental e crescimento urbano. Há mais de 10 anos, tem trabalhado com o estudo de pequenas cidades do Delta do rio Amazonas.

Publicado
2021-06-18