POLÍTICA, JORNALISMO, IDENTIDADE E FUTEBOL: ANÁLISE DAS CRÔNICAS DO JORNAL DOS SPORTS SOBRE A PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NAS COPAS DO MUNDO REALIZADAS NA DÉCADA DE 1950

Autores

  • Ana Flávia Braun Vieira UEPG
  • Miguel Archanjo de Freitas Junior
  • Bruno José Gabriel

Palavras-chave:

Política. Meios de Comunicação. Jornal dos Sports. Identidade. Futebol.

Resumo

Este trabalho propõe um estudo contextual das crônicas do Jornal dos Sports acerca da atuação da seleção brasileira nas Copas do Mundo de Futebol realizadas na década de 1950. O sentido em analisar o discurso dos cronistas sobre a participação do Brasil nas Copas de 1950, 1954 e 1958 é o de procurar entender como a interseção entre o contexto político nacional, os meios de comunicação, a identidade e o futebol colaborou na construção discursiva de um imaginário acerca da seleção e da nação. Com esta investigação, que levou em consideração para a análise questões estruturais mais amplas do campo político e midiático tensionadas pela autonomia discursiva dos cronistas, foi possível compreender que a relevância que ainda hoje é dada a uma ou outra participação do selecionado nas Copas realizadas na década de 1950 está, entre outros motivos, relacionada ao imaginário construído por estas crônicas, que produziram sentidos que vem sendo herdados de geração em geração.

Downloads

Publicado

2017-10-11

Como Citar

VIEIRA, A. F. B.; FREITAS JUNIOR, M. A. de; GABRIEL, B. J. POLÍTICA, JORNALISMO, IDENTIDADE E FUTEBOL: ANÁLISE DAS CRÔNICAS DO JORNAL DOS SPORTS SOBRE A PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NAS COPAS DO MUNDO REALIZADAS NA DÉCADA DE 1950. Publicatio UEPG: Ciências Sociais Aplicadas, [S. l.], v. 25, n. 2, p. 239, 2017. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/sociais/article/view/10279. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Esporte, Lazer e Sociedade