TEM FUTURO A CIÊNCIA DA MOTRICIDADE HUMANA?

  • Manuel Sérgio Professor catedrático aposentado da F.M.H.

Resumo

A ciência da motricidade humana nasce, num mundo social e político, cartesiano e capitalista, como problema ontológico, como problema epistemológico, como problema político. Como problema ontológico, pela ausência, na Educação Física, de um paradigma organizador que norteasse o estudo e a pesquisa e em tempo, portanto, de crise e de necessária revolução científica. A Educação Física deveria apresentar-se como o ramo pedagógico de uma qualquer ciência. Mas...que ciência? E uma ciência formal, empírico-formal, ou hermenêutico-humana?

Biografia do Autor

Manuel Sérgio, Professor catedrático aposentado da F.M.H.
Filósofo.
Publicado
2017-12-21
Seção
Esporte, Lazer e Sociedade