TECNOLOGIAS NO ENSINO DE GEOMETRIA MOLECULAR - Doi: http://dx.doi.org/10.5212/PublicatioHum.v.16i2.261275

Autores

  • João Ribeiro Franco Neto
  • Rejane Maria Ghisolfi da Silva

Palavras-chave:

Tecnologias. Química. Geometria Molecular.

Resumo

Este estudo teve como objetivo investigar a utilização de diferentes tecnologias no ensino de Geometria Molecular e, fundamentalmente, identifi car se o software ChemSketch® potencia ou desfavorece a elaboração de modelos mais adequados de estruturas químicas. Para subsidiar este trabalho, recorreu-se à pesquisa qualitativa, que se consolidou em um Estudo de Caso. O estudo de caso foi o método de procedimento adotado, voltado para uma turma de 28 alunos da 2ª série do Ensino Médio, de uma escola particular, do estado de Minas Gerais. Os alunos tiveram oportunidade de vivenciar diferentes situações de ensino de Química, com tecnologias, e também de avaliar sobre seus aspectos relacionados à aprendizagem em Química. Os dados foram coletados por meio de questionários; gravações, em áudio e vídeo, das atividades; elaboração de um planejamento das atividades de Química, envolvendo as tecnologias: quadro e giz, bolas de isopor e varetas e o software ChemSketch®. As análises foram feitas segundo duas perspectivas: (i) avaliação dos alunos a respeito da utilização de tais tecnologias e (ii) observações e registros realizados nos ambientes de aprendizagem. A partir dessas análises, pôde-se perceber que o desenvolvimento das atividades de forma combinada entre tecnologias favorece a aprendizagem para os educandos, visto que, desse modo, eles constroem as estruturas de forma mais adequada. Embora o software proporcionasse uma visualização melhor das estruturas das moléculas, os alunos não obtiveram um desempenho satisfatório, o que sugere que, na utilização do computador, o professor desempenha um papel fundamental.


 

The main aim of this study was to investigate the use of different technologies in molecular geometry teaching. Moreover, it aims to identify if the software ChemSketch® facilitates or hinders the elaboration of more adequate models of chemical structures. The study took a qualitative approach in the form of a case study. The subjects of the study were 28, second year high school students from a private school in the state of Minas Gerais, Brazil. The students took the opportunity to deal with different situations during their chemistry classes which involved the use of technologies, and also to evaluate aspects related to the learning of chemistry. The data was collected through questionnaires, audio and video recording of activities, and the planning of chemistry lab activities involving technology and resources such as: chalkboard and chalk, Styrofoam ball, sticks and the software ChemSketch®. The data analysis was done from two perspectives: (i) students´ evaluation concerning the use of technology, and (ii) the observations and records in the learning environments. The analysis demonstrated that the development of the activities using technologies in a balanced way supports students as they build the structures in a more adequate way. Although the software provided a better view of the molecules structures, the students did not have a satisfactory performance, which suggests that the teacher performs a fundamental role when students use computer to study chemistry.

Downloads

Publicado

2009-08-04

Como Citar

NETO, J. R. F.; DA SILVA, R. M. G. TECNOLOGIAS NO ENSINO DE GEOMETRIA MOLECULAR - Doi: http://dx.doi.org/10.5212/PublicatioHum.v.16i2.261275. Publicatio UEPG: Ciências Sociais Aplicadas, [S. l.], v. 16, n. 2, 2009. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/sociais/article/view/2853. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos