O “HOMEM POBRE RURAL” ESTUDA?

ESCOLA E EDUCAÇÃO ESCOLAR EM FILMES BRASILEIROS DA DÉCADA DE 2000 QUE ABORDAM O RURAL

Autores

Palavras-chave:

História da educação. Educação do campo. Cinema.

Resumo

Apresentam-se, neste artigo, resultados de estudo com o objetivo de problematizar aspectos da representação do “homem pobre rural”, em especial no que se refere ao domínio e/ou à aplicação de conhecimentos escolares – principalmente a leitura, a escrita e o cálculo – , bem como aspectos da presença ou da ausência de imagens e/ou de falas que remetem à escola e/ou à educação escolar em cinco produções cinematográficas brasileiras da década de 2000 que abordam, direta ou indiretamente, a questão do rural. Essas produções cinematográficas são: “Eu, tu, eles” (2000), “Tapete vermelho” (2006), “Os narradores de Javé” (2004), “Dois filhos de Francisco: a história de Zezé di Camargo & Luciano” (2005) e “Vida de menina” (2005). Constatam-se, com especificidades relativas a cada produção cinematográfica, ausências da escola e/ou da educação escolar, bem como presenças, porém, majoritariamente pautadas por concepções consoantes com o pensamento hegemônico na sociedade brasileira acerca do campo, inclusive no que se refere à dicotomia e à relação hierárquico-vertical entre campo e cidade, o que tem implicações políticas, econômicas e culturais, especialmente para a área da educação escolar. As produções cinematográficas selecionadas apresentam algum nível de consonância com apontamentos constantes em bibliografia atinente à história da educação brasileira, em especial no que se refere à escolarização dos povos do campo.

Biografia do Autor

Agnes, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Doutora em Educação, com período sanduíche na Universidad de Salamanca - Espanha, Mestre em Educação, Especialista em Atendimento Educacional Especializado: área da Deficiência Intelectual e Graduada em Pedagogia com Habilitação em Deficiência Intelectual, todos pela Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Marília. Integrante do "Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Cultura e Instituições Educacionais" (Gepcie) e do "Grupo de Pesquisa História da Educação e do Ensino de Língua e Literatura no Brasil" (Gpheellb). Professora da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e coordenadora protempore do curso de Pedagogia, da Unidade Universitária de Paranaíba. Desenvolve pesquisas sobre história da educação rural, educação do campo, educação inclusiva e formação de professores. É autora de livros, capítulos de livros e artigos publicados em periódicos acadêmico-científicos nacionais e internacionais.

Downloads

Publicado

2022-12-28

Como Citar

SILVA, C. R. da; MORAES, A. I. D. . O “HOMEM POBRE RURAL” ESTUDA? : ESCOLA E EDUCAÇÃO ESCOLAR EM FILMES BRASILEIROS DA DÉCADA DE 2000 QUE ABORDAM O RURAL. Revista Teias de Conhecimento, [S. l.], v. 1, n. 2, 2022. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/teias/article/view/19805. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos