A “questão social” e o social-liberalismo brasileiro: contribuição à crítica da noção do desenvolvimento econômico com eqüidade (The “social question” and brazilian social-liberalis: a contribution to the critique of the notion of economic development...)

Conteúdo do artigo principal

Rodrigo Castelo Branco

Resumo

 

O objeto de estudo do artigo é o social-liberalismo brasileiro, suas teses acerca do desenvolvimento econômico com eqüidade e suas propostas políticas de resolução da “questão social”. A nossa hipótese de trabalho é que, na era neoliberal, determinadas correntes do pensamento social brasileiro entram em uma nova fase do longo processo daquilo que Lukács chamou de decadência ideológica do pensamento burguês. Além da apresentação das principais teses do social-liberalismo brasileiro, pretendemos, a partir do referencial teórico marxista e da categoria ideologia, trazer para o debate algumas críticas àquelas teses, demonstrando os limites do seu horizonte teórico e da sua perspectiva de classe.

Palavras-chave: Questão social. Desenvolvimento econômico. Ideologia.

 

Abstract: The article´s object is Brazilian social-liberalism thesis on economic development including equity and its policy proposals regarding the “social question”. Our work hypothesis is that within the neoliberal era some thought approaches on Brazilian social liberalism enrolled in a new period that relates to Lukács concept of ideological decadence of the bourgeois though. Besides the presentation of the main thesis of Brazilian social liberalism, we intend to put in light the debate and some critics of those approaches using the Marxist theoretical framework. We also intend to underline the theoretical limits of Brazilian social-liberalism and the boundaries of its class perspective.

Keywords: Social question. Economic development. Ideology.

Detalhes do artigo

Como Citar
Branco, R. C. (2009). A “questão social” e o social-liberalismo brasileiro: contribuição à crítica da noção do desenvolvimento econômico com eqüidade (The “social question” and brazilian social-liberalis: a contribution to the critique of the notion of economic development.). Emancipação, 8(1). Recuperado de https://revistas.uepg.br/index.php/emancipacao/article/view/112
Seção
Artigos