“Tinha muita pena de deixar os seus vestidos pois logo morria”: um caso de suicídio em São João do Triunfo-PR (1928)

Autores

Resumo

Em meados de 1928, uma mulher qualificada como doméstica e casada, precisou se deslocar até o centro de São João do Triunfo, no interior do Paraná, para registrar sua versão sobre o suicídio de uma de suas filhas. Neste texto, objetivamos analisar o inquérito policial que envolveu este caso particular. A partir da narrativa das testemunhas e das peças que encontramos no documento, como o exame de corpo de delito, nos deparamos com temáticas que envolvem as relações de gênero, o cotidiano e a cristalização de versões sobre o suicídio. Ao selecionarmos um documento, entre tantos, e o lermos atentamente, mergulhamos em uma riqueza de detalhes e situações. Pretendemos explorá-las aqui. Para tal proposta, apoiamo-nos em certo modo de operar foucaultiano e, principalmente, em parte da historiografia brasileira e da História da Violência que ajudam a pensar os espaços rurais.

Biografia do Autor

Marcelo Douglas Nascimento Ribas Filho , Universidade Federal do Paraná - UFPR

Doutorando em História no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre (2020) e graduado (2017) em História pela Universidade Estadual do Centro-Oeste - Paraná (UNICENTRO).

Referências

ANTUNES, José Leopoldo Ferreira. Medicina, leis e moral: pensamento médico e comportamento no Brasil (1870-1930). São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1999.
BERALDO, Renilson. Ciência e associativismo médico: medicina legal e psiquiatria na terra dos pinheirais (1930-1941). Dissertação (mestrado em História das Ciências e da Saúde) – Fundação Oswaldo Cruz, 2016.
BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.
BRANDÃO, Cláudio. O suicídio no contexto penal. In: Revista Duc In Altum - Caderno de Direito, vol. 3, nº 4, jul-dez. 2011.
CERTEAU, Michel de; GIARD, Luce; MAYOL, Pierre. A invenção do cotidiano. Morar, cozinhar. Vol. 2. Petrópolis: Vozes, 1996.
CHALHOUB, Sidney. Trabalho, lar e botequim: o cotidiano dos trabalhadores no Rio de Janeiro da Belle Époque. 2ed. São Paulo: Editora da Unicamp, 2001.
ESTACHESKI, Dulceli de Lourdes Tonet. Os crimes sexuais na cidade de Castro-PR (1890-1920). Curitiba, 2013. Dissertação (mestrado em História) – Universidade Federal do Paraná, 2013.
_________________. Morrer para não sofrer: questões de gênero e suicídios em Castro/PR (1890-1940). Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2019.
ESTEVES, Martha de Abreu. Meninas perdidas – os populares e o cotidiano do amor no Rio de Janeiro da Belle Époque. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989.
FAUSTO, Boris. Crime e cotidiano: A criminalidade em São Paulo (1880-1924). São Paulo: Editora brasiliense, 1984.
FERREIRA, Maurício dos Santos e TRAVERSINI, Clarice Salete. A análise foucaultiana do discurso como ferramenta metodológica de pesquisa. In: Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 38, n. 1, p. 207-226, jan./mar. 2013.
FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979.
_________________. História da sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.
_________________. A ordem do discurso. São Paulo: Edições Loyola, 1999.
_________________. A verdade e as formas jurídicas. Rio de Janeiro: NAU Editora, 2002.
GAVRON, Eva Lúcia. Seduções e defloramentos: o controle normativo das práticas sexuais em Florianópolis 1930/1940. Dissertação (mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina, 2002.
KARSPRZAK, Celso. Pelos caminhos do Triunfo. Palmas: Kaygangue Ltda, 2019.
LOPES, Fábio Henrique. A experiência do suicídio: discursos médicos no Brasil, 1830-1900. Campinas, 2003. Tese (doutorado em História) – Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, 2003.
_________________. Medicina, educação e gênero: as diferenciações sexuais do suicídio nos discursos médicos do século XIX. Educar. Curitiba, n. 29, p. 241-257, 2007.
MARCH, Kety Carla de. Jogos de luzes e sombras: processos criminais e subjetividades masculinas no Paraná dos anos 1950. Curitiba, 2015. 306 f. Tese (Doutorado em História). Universidade Federal do Paraná, 2015.
PASSOS, Aruanã Antônio de. “Histórias de sangue e dor” Crimes passionais no Sudoeste do Paraná (1909-1939). Curitiba, 2009. 138 f. Dissertação (Mestrado em História). Universidade Federal do Paraná, 2009.
PIERANGELI, José Henrique. Códigos penais do Brasil: evolução histórica. 2. ed. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2001.
POCHAPSKI, Gabriel José. Entre Corpos e Espaços: Uma história da criminalidade nas matas de Araucária (Mallet-PR, 1931-1950). Natal, 2018. 442 f. Dissertação (Mestrado em História). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2018.
RAGO, Luzia Margareth. Os prazeres da noite: prostituição e códigos da sexualidade feminina em São Paulo (1890-1930). São Paulo, 1990. Tese (Doutorado em História) – Universidade Estadual de Campinas, 1990.
SZESZ, Christiane Marques. A invenção do Paraná: O discurso regional e a definição das fronteiras cartográficas. Curitiba, 1997. 197 f. Dissertação (Mestrado em História). Universidade Federal do Paraná, 1997.
TILIO, Rafael de. Casamento e sexualidade em Processos Judiciais e Inquéritos Policiais na Comarca de Ribeirão Preto (1871 a 1942): concepções, práticas e valores. Dissertação (mestrado em psicologia) – Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, 2005.
WADI, Yonissa Marmitt. A história de Pierina e as interpretações sobre processos de sofrimento, perturbação e loucura (RS/Brasil, século XX). In: Horizontes. Bragança Paulista, v. 21, p. 83-103. 2003.
WOUK, Miguel. Estudo etnográfico – linguístico da comunidade ucraína de Dorizon. Curitiba: SECE, 1981.
ZENHA, Celeste. As práticas da Justiça no cotidiano da pobreza. In: Revista brasileira de História. V. 5, 10. março/agosto. 1985.

Fontes:
CEDOC/I. CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E MEMÓRIA DA Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO), campus de Irati-PR. Fundo judiciário da Vara Criminal de São João do Triunfo. Inquérito policial 164.8. Fundo PB009.
SÃO JOÃO DO TRIUNFO. Atas da Câmara Municipal, 1890-1940.

Downloads

Publicado

2022-11-07

Como Citar

RIBAS FILHO , M. D. N. “Tinha muita pena de deixar os seus vestidos pois logo morria”: um caso de suicídio em São João do Triunfo-PR (1928). Revista de História Regional, [S. l.], v. 27, n. 02, 2022. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/rhr/article/view/19963. Acesso em: 7 dez. 2022.