Educação em tempos de desenvolvimentismo:

o discurso em torno da formação para o trabalho nos Ginásios de Pernambuco (1969-1971)

Autores

  • Adriano Ricardo Ferreira da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
  • Humberto da Silva Miranda Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Resumo

Este trabalho objetiva analisar as narrativas em torno dos Ginásios Orientados para o Trabalho em Pernambuco, entre 1969 e 1971. A partir do estudo de publicações do Diário Oficial, bem como do periódico Diário de Pernambuco, procuramos problematizar os discursos da classe política local. Os resultados apontam que os agentes locais não aderiram totalmente ao projeto nacional, mas alternaram entre momentos de aderências e distanciamentos no que se refere às estratégias de legitimação da formação para o trabalho nesses Ginásios.

Biografia do Autor

Adriano Ricardo Ferreira da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Mestre em História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Membro do Laboratório de História das Infâncias do Nordeste (LAHIN). E-mail: adrianoref@gmail.com.

Humberto da Silva Miranda , Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Doutor em História. Professor do Departamento de Educação, do Programa de Pós-Graduação em História e do Programa de Pós-Graduação em Educação, Culturas e Identidades da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Coordenador do Laboratório de História das Infâncias do Nordeste (LAHIN). E-mail: humbertoufrpe@gmail.com.

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz de. Discursos e pronunciamentos: a dimensão retórica da historiografia. In: LUCA, Tania Regina de; PINSKY, Carla Bassanezi. O historiador e suas fontes. São Paulo: Contexto, 2009, p. 223-250.

CUNHA, Luiz Antônio. Roda-viva. In: CUNHA, Luiz Antônio; GÓES, Moacyr de. O golpe na educação. 6. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1989. p. 35-90.

FICO, Carlos. Ditadura militar brasileira: aproximações teóricas e historiográficas. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 9, n. 20, p. 05 ‐ 74, jan./abr. 2017.

FONSECA, Marília. Políticas públicas para a qualidade da Educação brasileira: entre o utilitarismo econômico e a responsabilidade social. Cadernos Cedes, Campinas, v. 29, n. 78, p. 153-177, maio/ago. 2009.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. Tradução de Laura Fraga de Almeida Sampaio. 3 ed. São Paulo: Edições Loyola, 1996.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

FREIRE, Elaine Oliveira de Lima. Uma História Social do Movimento de Resistência a Ditadura Militar de Casa Amarela. In: Simpósio Nacional de História, 2005, Londrina. Anais do XXIII Simpósio Nacional de História: história, guerra e Paz, Londrina: ANPUH, 2005. p. 1-8.

LIMA, João Policarpo Rodrigues; PADILHA, Maria Fernanda Gatto; SICSÚ, Abraham Benzaquem. Economia de Pernambuco: transformações recentes e perspectivas no contexto regional globalizado. Revista Econômica do Nordeste, Fortaleza, v. 38, n. 4, p. 525-541, out/dez. 2007.

LIMA JÚNIOR, José Ferreira de. Protestantismo e golpe militar de 1964 em Pernambuco: Uma análise da Cruzada de Ação Básica Cristã. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião). Programa de Mestrado em Ciência da Religião, Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2008.

MAINGUENEAU, Dominique. Gênese dos discursos. Tradução: Sírio Possenti. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MATHIAS, Suzeley Kalil. A militarização da Burocracia: a participação militar na administração federal das comunicações e da Educação 1963-1990. São Paul: UNESP, 2004.

NORONHA, Olinda Maria. A luta pela ampliação das oportunidades escolares (1950-1990). In: NORONHA, Olinda Maria; RIBEIRO, Maria Luisa; XAVIER, Maria Elizabete. História da Educação: a escola no Brasil. São Paulo: FTD, 1994.

NUNES, Zilda Clarice Rosa Martins. A modernização do ginásio secundário e a manutenção da ordem. Dissertação (Mestrado em Educação). Departamento de Filosofia da Educação, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 1979.

REIS FILHO, Daniel Aarão. Ditadura e democracia no Brasil: do golpe de 1964 à Constituição de 1988. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

Fontes

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura (MEC)/ Equipe de Planejamento do Ensino Médio (EPEM). Subsídios para o estudo do Ginásio Polivalente. Rio de Janeiro: Diretoria do ensino secundário, 1969.

Diário de Pernambuco. Recife, 01 jan. 1969, p. 28.

Diário de Pernambuco. Recife, 03 jan. 1969, p. 11.

Diário de Pernambuco. Recife, 26 jan. 1969, p. 73.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Brasileiro de 1970. Série Nacional. Rio de Janeiro: IBGE, 1973.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Brasileiro de 1970. Série Regional (Pernambuco). Rio de Janeiro: IBGE, 1972.

PERNAMBUCO. Decreto-Lei n° 35, de 20 de junho de 1969. Inclui na programação orçamentária da Secretaria de Educação e Cultura projeto que especifica. Diário Oficial do Estado de Pernambuco. Recife, PE, 20 jun 1969.

PERNAMBUCO. Diário Oficial [do] Estado de Pernambuco, Recife, 20 fev. 1969, p. 36.

PERNAMBUCO. Diário Oficial [do] Estado de Pernambuco, Recife, 4 ago. 1970, p.22.

PERNAMBUCO. Diário Oficial [do] Estado de Pernambuco, Recife, 24 ago. 1969, p.24.

PERNAMBUCO. Diário Oficial [do] Estado de Pernambuco, Recife, 30 ago. 1969, p.1.

PERNAMBUCO. Diário Oficial [do] Estado de Pernambuco, Recife, 31 jan. 1971, p.1.

PERNAMBUCO. Governador do estado (1967-1971 - Nilo de Souza Coelho). Discurso de Posse. Recife, 31 jan. 1967. In: PERNAMBUCO. Diário Oficial [do] Estado de Pernambuco. Recife, 01 fev de 1967.

Downloads

Publicado

2022-06-24

Como Citar

RICARDO FERREIRA DA SILVA, A.; DA SILVA MIRANDA , H. Educação em tempos de desenvolvimentismo:: o discurso em torno da formação para o trabalho nos Ginásios de Pernambuco (1969-1971). Revista de História Regional, [S. l.], v. 27, n. 1, 2022. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/rhr/article/view/19995. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê História do Tempo Presente: entre fronteiras regionais, políticas e cultu