Percepção ambiental no contexto das representações sociais: um estudo de caso na periferia de Fortaleza, CE

Autores

  • Fábio Soares Guerra Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC-CE. Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza-CE - SME.
  • Suedio Alves Meira Universidade Federal do Ceará
  • Nagila Fernanda Furtado Teixeira Universidade Federal do Ceará
  • Edson Vicente da Silva Universidade Federal do Ceará

Resumo

O presente estudo tem por objetivo investigar as variáveis da percepção ambiental dos moradores do bairro Conjunto Ceará, localizado no subúrbio fortalezense, tendo como subsídio a Teoria das Representações Sociais. O pressuposto básico dessa investigação é que por meio das representações que fundamentam a percepção dos populares pode-se categorizar as práticas socioambientais cotidianas. Constatou-se que o bairro se apresenta espacialmente multifacetado e socialmente segregado. Além do mais, seus moradores possuem aguçada percepção ambiental em vários aspectos, apropriando-se a contento do seu espaço de vivência desenvolvendo forte vínculo afetivo com o mesmo que, por sua vez, condiciona as práticas sociais, o modo de pensar e sentir o Conjunto Ceará.

Biografia do Autor

Fábio Soares Guerra, Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC-CE. Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza-CE - SME.

Graduado em Geografia pela Universidade Federal do Ceará. Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Estadual do Ceará. Professor efetivo de Geografia da Rede Pública Municipal de Ensino de Fortaleza-ce. Professor efetivo de Geografia da Rede Pública Estadual do Ceará.

Suedio Alves Meira, Universidade Federal do Ceará

Doutorando em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Ceara (UFC), inserido no Laboratório de Geoecologia da Paisagem e Planejamento (LAGEPLAN). Mestre em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), tendo como trabalho de dissertação pesquisa sobre o Patrimônio Geológico do Parque Nacional de Jericoacoara, Ceará. Bacharel em Geografia pela Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB). Apresenta afinidade e trabalhos nas temáticas relativas a Patrimônio Geológico, Geodiversidade, Geoconservação, Geoturismo, Geomorfologia, Geotecnologia e Pedologia.

Nagila Fernanda Furtado Teixeira, Universidade Federal do Ceará

Mestranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente-PRODEMA pela Universidade Federal do Ceará, sob orientação do prof° Edson Vicente da Silva. Graduada em Geografia (licenciatura) pela Universidade Federal do Ceará. Participou, na condição de bolsista remunerada, do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID 2011 - UFC, financiado pela Capes, no período de agosto de 2012 a fevereiro de 2014. Atualmente é integrante do Laboratório de Geoecologia das Paisagens e Planejamento Ambiental - LAGEPLAN e participou, na condição de bolsista remunerada, do Projeto de Extensão Sala Verde Água Viva, UFC, bem como foi monitora voluntária da disciplina Métodos e Técnicas da Pesquisa em Geografia Física, sob orientação do prof° Edson Vicente da Silva. Atua principalmente nos seguintes temas: Educação Ambiental aplicada e Geoecologia da Paisagem. 

Edson Vicente da Silva, Universidade Federal do Ceará

Graduação em Geografia - Bacharelado e Licenciatura. pela Universidade Estadual do Ceará (1981), mestrado em Planejamento Rural em Função do Meio Ambiente pelo Instituto Agronômico Mediterrâneo de Zaragoza (1987), doutorado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Rio Claro São Paulo (1993), pós-doutor em Educação Ambiental pela Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (2006) e pós-doutor em Planejamento e Geoecologia da Paisagem pela Faculdade de Geografia, Universidade de Havana-Cuba (2007). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Ceará (1997), tirocínio docente da Universidade Federal da Bahia e professor dos Doutorados e Mestrados em Geografia e de Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA), da Universidade Federal do Ceará . Tem experiência na área de Geoecologia da Paisagem, atuando principalmente nos seguintes temas: análise ambiental, educação ambiental, litoral, análise geoambiental, recursos hídricos e desenvolvimento sustentável.

Downloads

Publicado

2018-07-31

Como Citar

GUERRA, F. S.; MEIRA, S. A.; TEIXEIRA, N. F. F.; SILVA, E. V. da. Percepção ambiental no contexto das representações sociais: um estudo de caso na periferia de Fortaleza, CE. Terr@ Plural, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 88–111, 2018. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/10316. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos