Geografia e arte: uma análise da produção da representação da favela nas obras de Cândido Portinari

Autores

  • Lohanne Fernanda Gonçalves Ferreira Doutoranda em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Palavras-chave:

Geografia, Imagem, Favela, Cândido Portinari, Representação

Resumo

As primeiras décadas do século XX são marcadas pela busca de elementos autênticos da cultura brasileira que compusessem nossa identidade nacional. Um dos elementos recorrentemente apropriados pelos artistas foi a favela. Por isso, o presente trabalho se debruça sobre um pintor do movimento modernista brasileiro que se apropriou diversas vezes da favela para apresentar o Brasil ao mundo: Cândido Portinari. O objetivo central deste trabalho é estudar as representações das favelas cariocas nas pinturas de Cândido Portinari. Chegou-se a conclusão que as pinturas de Portinari, quando analisadas em conjunto, mostram a evolução e o adensamento das favelas cariocas, além de cristalizar elementos que permanecem no imaginário de favela até os dias de hoje.

Downloads

Publicado

2017-12-19

Como Citar

FERREIRA, L. F. G. Geografia e arte: uma análise da produção da representação da favela nas obras de Cândido Portinari. Terr@ Plural, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 304–326, 2017. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/10515. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos