Vida noturna, a construção de um objeto de estudo para a Geografia

Autores

  • Nécio Turra Unesp/PP

Palavras-chave:

Vida noturna, cidade, juventude, distinção social.

Resumo

Pretende-se refletir de forma sistemática sobre o tempo da noite na produção da cidade e da vida urbana através de uma síntese da literatura voltada à vida urbana noturna – sem a pretensão de sermos exaustivos – sobre a relação entre vida noturna e a tendência de fragmentação socioespacial e sobre a hegemonia de modelos de diversão noturna que se impõem aos jovens, portadores de signos de modernidade e distinção social. O texto estrutura-se em duas partes, a primeira fala da noite urbana, desde sua conquista até a emergência de uma economia da vida noturna, pela qual este tema se torna interessante para a Geografia Urbana. Na segunda parte, exploramos o caráter formativo e civilizatório da oferta de vida noturna e apontamos para alguns dos seus riscos, sobretudo, quando consideramos os jovens como sujeitos em formação.

Downloads

Publicado

2017-09-28

Como Citar

TURRA, N. Vida noturna, a construção de um objeto de estudo para a Geografia. Terr@ Plural, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 31–41, 2017. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/10599. Acesso em: 9 ago. 2022.