Sujeito, identidades e as redes sociais virtuais

Autores

  • Antonio Bernardes UFF
  • Fernanda de Faria Viana Nogueira
  • Thais Dias de Souza

Palavras-chave:

sujeito, identidades, lugar, redes sociais virtuais, múltiplas territorialidades.

Resumo

Partimos de algumas concepções acerca do que é o sujeito em diferentes períodos da história e como eles desenvolvem suas respectivas identidades para destacar aquelas denominadas híbridas ou de pós-modernas. Ressaltamos as dinâmicas das relações mediadas eletronicamente, em especial, as redes sociais virtuais e como elas podem indicar o sujeito e suas identidades híbridas, assim como o lugar como locus sintético e particular das dinâmicas sociais e culturais de diferentes escalas geográficas. A teoria dos rizomas emerge na discussão como um instrumental para interpretação da forma como os sujeitos se relacionam e como os lugares são desenvolvidos, pressupondo múltiplas territorialidades. Apresentamos três interpretações das dinâmicas socioculturais: dos homossexuais (Presidente Prudente, SP); a partir do movimento hip-hop (Macaé e Campos dos Goytacazes, RJ); de grupos juvenis atentos a socialização, diversão noturna e consumo (Campos dos Goytacazes, RJ).

Downloads

Publicado

2017-09-28

Como Citar

BERNARDES, A.; NOGUEIRA, F. de F. V.; DIAS DE SOUZA, T. Sujeito, identidades e as redes sociais virtuais. Terr@ Plural, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 42–60, 2017. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/10616. Acesso em: 9 ago. 2022.