Geografia e futebol? Espaço de representação do futebol e rede sócio-espacial do futebol

Autores

  • Fernando Rosseto Gallego Campos Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Resumo

O presente artigo tem como objetivo demonstrar a construção teórica do conceito de espaço de representação do futebol, bem como discutir sucintamente de que maneira ocorrem as relações nessa instância da espacialidade, através de uma rede sócio-espacial do futebol. O conceito de espaço de representação do futebol foi elaborado a partir da formulação de diversos autores, como Lefébvre (1991), Soja (1996), Shields (1999) e Gil Filho (2003). Nessa instância da espacialidade própria do futebol ocorre uma série de relações – entre atores sócio-espaciais e instituições – que tem o clube como estrutura central. O conjunto dessas relações forma a rede sócio-espacial do futebol.

Biografia do Autor

Fernando Rosseto Gallego Campos, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Doutorando em Geografia pela UFPR
Mestre em Geografia pela UFPR
Graduado em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Tuiuti do Paraná
Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela UFPR

Downloads

Como Citar

CAMPOS, F. R. G. Geografia e futebol? Espaço de representação do futebol e rede sócio-espacial do futebol. Terr@ Plural, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 249–265, 2009. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/1178. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos