Unidades de conservação como estratégia de gestão territorial dos recursos naturais - DOI: http://dx.doi.org/10.5212/TerraPlural.v.3i2.241260

Autores

  • Maria do Socorro Ferreira da Silva Universidade Federal de Sergipe
  • Rosemeri Melo e Souza Universidade Federal de Sergipe

Resumo

No Brasil, as Unidades de Conservação (UCs) são utilizadas enquanto mecanismos de gestão territorial para proteger os recursos naturais que restaram ao país após um intenso processo de depleção. Para compreender as relações existentes nas UCs faz-se necessário um resgate teórico acerca da categoria de análise geográfica, o território, considerado como instrumento de exercício de poder. Nessas relações, observa-se o envolvimento de atores inseridos nos espaços territoriais legalmente protegidos, gerando o processo contínuo de territorialização-desterritorialização-reterritorialização. Aqui, prevalecem as relações de poder estabelecidas pelos grupos dominantes nem função das áreas detentoras de maior biodiversidade mundial como o Brasil.

Biografia do Autor

Maria do Socorro Ferreira da Silva, Universidade Federal de Sergipe

Mestre em Geografia. Doutoranda do NPGEO/UFS, Bolsista FAPITEC/SE, e Pesquisadora GEOPLAN/UFS/CNPq.

Rosemeri Melo e Souza, Universidade Federal de Sergipe

Profª Drª Associada da UFS dos Cursos de Graduação e Pós-graduação em Geografia/NPGEO/UFS, e Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Planejamento

Downloads

Como Citar

SILVA, M. do S. F. da; SOUZA, R. M. e. Unidades de conservação como estratégia de gestão territorial dos recursos naturais - DOI: http://dx.doi.org/10.5212/TerraPlural.v.3i2.241260. Terr@ Plural, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 241–260, 2010. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/1187. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos