Desafios da coleta seletiva e a participação dos catadores de materiais recicláveis em Simão Dias, SE, Brasil

Autores

  • Ariane Siqueira de Oliveira Universidade Federal de Sergipe
  • Anézia Maria Fonsêca Barbosa UFS
  • Maria do Socorro Ferreira da Silva

Palavras-chave:

Cooperativa, Gerenciamento de resíduos, Inclusão social, Sustentabilidade

Resumo

O artigo visa analisar os desafios que dificultam a coleta seletiva de resíduos sólidos em cidades de pequeno porte no Brasil. Foram entrevistados representantes do poder público, da cooperativa e catadores. A coleta seletiva feita pela cooperativa de catadores enfrenta dificuldades referentes à escassez de recursos financeiros, à falta de separação dos materiais recicláveis na fonte geradora, à vulnerabilidade social dos catadores, à dificuldade de gestão e engajamento dos cooperados. É relevante implementar projetos de Educação Ambiental para sensibilizar e estimular a participação do poder público, da comunidade e dos catadores, criar táticas para promover a inserção social, melhorar as condições de trabalho desse grupo e possibilitar a sustentabilidade da cooperativa.

Downloads

Publicado

2019-09-21

Como Citar

OLIVEIRA, A. S. de; BARBOSA, A. M. F.; SILVA, M. do S. F. da. Desafios da coleta seletiva e a participação dos catadores de materiais recicláveis em Simão Dias, SE, Brasil. Terr@ Plural, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 533–545, 2019. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/13374. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos