A sustentabilidade na Serra do Mar do estado do Paraná: uma avaliação de programas governamentais e não governamentais. Doi: http://dx.doi.org/10.5212/TerraPlural.v.4i1.031052

Autores

  • Edson Struminski Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Resumo

Neste artigo estão sendo avaliados dois programas governamentais e um não governamental, que por sua natureza procuram propor políticas públicas para a Serra do Mar paranaense, área onde se encontram os principais remanescentes de biodiversidade do estado do Paraná. Trata-se feita uma análise discursiva dos programas, tendo em vista os parâmetros de sustentabilidade defendidos por cada um deles. Os discursos, nos quais os projetos estão embutidos, são o cartesianismo, o naturalismo, o liberalismo e o positivismo.

 

Biografia do Autor

Edson Struminski, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Engenheiro florestal, mestre em conservação da natureza, doutor em meio ambiente e desenvolvimento

Downloads

Publicado

2010-12-17

Como Citar

STRUMINSKI, E. A sustentabilidade na Serra do Mar do estado do Paraná: uma avaliação de programas governamentais e não governamentais. Doi: http://dx.doi.org/10.5212/TerraPlural.v.4i1.031052. Terr@ Plural, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 31–52, 2010. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/1602. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos