Dinâmica do uso e ocupação da terra a bacia hidrográfica do arroio Olarias, Ponta Grossa-Pr, entre 1995 e 2005. Doi: 10.5212/TerraPlural.v.4i2.0008

Autores

  • Sergio Ricardo Rogalski Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Silvia Méri Carvalho

Resumo

O objetivo desse trabalho foi analisar a dinâmica do uso e ocupação da terra da bacia hidrográfica do arroio Olarias no município de Ponta Grossa - PR, entre 1995 e 2005. Para identificação das classes de uso da terra, utilizou-se o Manual Técnico de Uso da Terra do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE (2006), cujas classes elencadas para este estudo foram: urbano, floresta, agrícola, campestre e reflorestamento. A elaboração dos mapas de uso da terra utilizou como ferramentas os recursos oferecidos pelas geotecnologias para manipulação, atualização e espacialização das classes. Por ser uma bacia hidrográfica com ocupação predominantemente urbana, a classe floresta apresentou uma redução de área de 8,24%, no período analisado, sendo substituída pela expansão urbana e agricultura. A classe agrícola apresentou uma pequena redução no período estudado, o que demonstra que esta atividade ainda é expressiva mesmo em uma bacia urbana. A classe reflorestamento apresentou a mor área de uso identificada neste estudo e também sofreu redução de 1,42% sendo substituída pela expansão do uso urbano, o que aponta a possível erradicação dessa atividade para os próximos anos. 

Downloads

Publicado

2011-11-05

Como Citar

ROGALSKI, S. R.; CARVALHO, S. M. Dinâmica do uso e ocupação da terra a bacia hidrográfica do arroio Olarias, Ponta Grossa-Pr, entre 1995 e 2005. Doi: 10.5212/TerraPlural.v.4i2.0008. Terr@ Plural, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 273–284, 2011. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/1855. Acesso em: 10 ago. 2022.