Circulação e vazão de água em encosta com erosão em túneis na bacia do rio das pombas – Guarapuava – PR

Autores

  • Wellington Barbosa Silva Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gisele Pietrobelli Universidade Estadual do Centro Oeste
  • Eliza Belem Tratz Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

A formação de túneis evidencia relação direta com infiltração e percolação de água na encosta. A água que infiltra no solo tende naturalmente a percorrer o caminho a favor da gravidade, de acordo com a energia potencial adquirida pela declividade da encosta. A proposta deste trabalho foi de reconhecer a vazão de água no interior de túneis definindo suas rotas ao longo da encosta através das estruturas de abatimento. Os resultados obtidos evidenciaram o papel da água de escoamento superficial e subsuperficial na evolução das formas erosivas associadas ao processo de erosão em túneis, com destaque para as estruturas de abatimento, depressões na superfície do terreno e o próprio túnel. As estruturas de abatimento evidenciam a existência de canais subsuperficiais em baixa encosta, alinhadas e com fluxo constante geradas pela infiltração e exfiltração de água presente no solo após eventos chuvosos. Esses túneis possuem uma vazão rápida com presença de artesianismo na parte mais baixa da encosta onde há fluxo de retorno, constatando-se que esse sistema de túneis tem um importante papel na drenagem da encosta.

Biografia do Autor

Wellington Barbosa Silva, Universidade Federal de Santa Catarina

Programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina

Gisele Pietrobelli, Universidade Estadual do Centro Oeste

Professora Dra. do Departamento de Geografia da Universidade Estadual do Centro Oeste

Eliza Belem Tratz, Universidade Federal de Santa Catarina

Programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Publicado

2014-04-29

Como Citar

SILVA, W. B.; PIETROBELLI, G.; TRATZ, E. B. Circulação e vazão de água em encosta com erosão em túneis na bacia do rio das pombas – Guarapuava – PR. Terr@ Plural, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 269–286, 2014. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/4340. Acesso em: 17 ago. 2022.