A estruturação do Complexo Industrial-Militar-Biotecnológico e a questão da hegemonia norte-americana no século XXI

Autores

  • Douglas Rundvalt Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Edu Silvestre Albuquerque UFRGN

Resumo

A ligação entre militares, políticos e empresários das indústrias farmacêuticas e de biotecnologia emerge como novo padrão de reprodução capitalista na atualidade a partir das relações ditadas no centro do sistema. Propomos, assim, a expansão do conceito de Complexo Industrial-Militar cunhado por Eisenhower de modo a abarcar o setor farmacêutico e biotecnológico, mais adequadamente tratado de Complexo Industrial-Militar-Biotecnológico na atualidade. Desse modo, desvelamos o papel das empresas de biotecnologia na reestruturação econômico-territorial em curso nos Estados Unidos, como alternativa conservadora de saída da crise econômica atual.

Downloads

Publicado

2013-07-08

Como Citar

RUNDVALT, D.; ALBUQUERQUE, E. S. A estruturação do Complexo Industrial-Militar-Biotecnológico e a questão da hegemonia norte-americana no século XXI. Terr@ Plural, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 29–42, 2013. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/5387. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos