Fronteiras e confrontos, Brasil-Uruguai

Autores

  • Edson Struminski

Resumo

A fronteira sul do Brasil sempre foi conhecida pelos conflitos bélicos passados, ou por campos despovoados sem fim. Esta imagem, literária, convive com a realidade de cidades conurbadas, free shops, plantios florestais e torres de energia eólica. Neste trabalho será apresentada uma análise da região a partir da sua história e de seus aspectos geográficos, de dados sócio-econômicos e de documentos de planejamento de duas cidades, que possuem culturas iguais, mas são regidas por sistemas formais diferentes: Santana do Livramento no Brasil e Rivera no Uruguai. Será feita uma avaliação de como os planos diretores destas cidades enxergam os ambientes naturais onde estão inseridas, a integração binacional e os processos globais da economia e concluindo, os valores fundamentais apresentados no discurso de cada plano e que refletem a cultura de planejamento de cada cidade/país.

Biografia do Autor

Edson Struminski

Engenheiro florestal, mestre em conservação da natureza, doutor em meio ambiente e desenvolvimento

Downloads

Publicado

2016-03-21

Como Citar

STRUMINSKI, E. Fronteiras e confrontos, Brasil-Uruguai. Terr@ Plural, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 24–53, 2016. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/5738. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos