DA DIVERGÊNCIA À CONVERGÊNCIA: A NECESSIDADE DO DIALOGO DE SABERES

Autores

  • Antonio Marcio Haliski Instituto Federal do Paraná
  • Nicolas Floriani UEPG
  • Dimas Floriani

Resumo

O presente artigo visa mostrar, através de um estudo de caso nas áreas rurais de União da Vitória/PR e Porto União/SC, a dinâmica da paisagem rural destes municípios e, principalmente, o conflito velado existente entre a população rural e as instituições governamentais que representam um discurso oficial que se materializa nas práticas dos agricultores e servidores destas instituições. Por fim, apresentar-se-á uma discussão sobre o diálogo de saberes como uma alternativa para os problemas atuais. 

Biografia do Autor

Antonio Marcio Haliski, Instituto Federal do Paraná

graduado em geografia, mestre em ciencias sociais, doutor em sociologia. Escreve sobre desenvolvimento territorial/reginal, ruralidades e ambiente. Professor do Instituto Federal do Paraná.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2017-12-19

Como Citar

HALISKI, A. M.; FLORIANI, N.; FLORIANI, D. DA DIVERGÊNCIA À CONVERGÊNCIA: A NECESSIDADE DO DIALOGO DE SABERES. Terr@ Plural, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 193–211, 2017. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/6626. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos