O TRABALHO E AS ARTICULAÇÕES RELIGIOSAS EM COLONIAS MENONITAS: OS CONTEXTOS DE CHIHUAHUA E QUINTANA ROO, MÉXICO

Autores

  • Elizabeth Bautista Flores UACJ
  • Lucinda Arroyo Arcos UQRoo
  • Francisco Javier Llera Pacheco UACJ

Resumo

A religião menonita é uma denominação que surgiu há quase 500 anos, e ainda hoje mantém os valores religiosos e princípios baseados na fé em Deus, trabalho e esforço diário para alcançar o desenvolvimento de suas comunidades. Isto se consegue através de um sistema organizacional que envolve a colaboração de todos os membros para o bem comum e se reflete na geração de riqueza. Assim, a teoria social de Max Weber será a chave para analisar a forma como os menonitas concebem o trabalho e quais os valores que empregam. Toma-se duas colônias menonitas no México para aprofundamento, Chihuahua, na fronteira norte, e Quintana Roo, na fronteira são sul, ambas as entidades Menonitas colônias.

Biografia do Autor

Elizabeth Bautista Flores, UACJ

Profesor-Investigador de Tiempo Completo  en la División Multidisciplinariade la Universidad Autónoma de Ciudad Juárez en Nuevo Casas Grandes, Chihuahua, México.

Lucinda Arroyo Arcos, UQRoo

Profesor de Tiempo Completo  en la Universidad de Quintana Roo, México.

Francisco Javier Llera Pacheco, UACJ

Profesor-Investigador de Tiempo Completo  en la Universidad Autónoma de Ciuidad Juárez, Chihuahua, México.

Downloads

Publicado

2014-12-11

Como Citar

FLORES, E. B.; ARCOS, L. A.; LLERA PACHECO, F. J. O TRABALHO E AS ARTICULAÇÕES RELIGIOSAS EM COLONIAS MENONITAS: OS CONTEXTOS DE CHIHUAHUA E QUINTANA ROO, MÉXICO. Terr@ Plural, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 251–267, 2014. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/6881. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos