ORDENAMENTO ESPACIAL EM RONDÔNIA: DE TERRITORIO À ESTADO

Autores

  • Sheila CASTRO dos Santos Doutoranda Programa de Pós-Graduação em Geografia/UFPR
  • Carlandio Alves DA SILVA Fundação Universidade Federal de Rondônia
  • Salete KOZEL Docente do Departamento de Geografia UFPR
  • Adnilson de ALMEIDA SILVA Docente Departamento Geografia UFRO

Resumo

Este artigo evidencia a aplicação de projetos públicos que foram utilizados pelo Estado para o ordenamento espacial realizado em Rondônia, visou a ocupação e o uso ordenado da terra, esta leitura sobre esses ocorridos tem a abordagem de autores como Santos (1997) e Coy (1984, 1987, 1988), que nos mostram o papel do Estado como “planificador” do espaço, e também demonstram a importância de todo o processo da recente ocupação em Rondônia. Com sua ação voltada nos últimos anos a um planejamento desenvolvimentista de cunho capitalista. Conjuntamente com esses temos Fischer (2008) o qual utiliza o conceito de ordenamento espacial, supondo a existência de projeto social com objetivos coletivos, imperativos econômicos e necessidades sociais gestados por órgãos estatais e evidenciados por políticas públicas.

Downloads

Publicado

2015-10-10

Como Citar

DOS SANTOS, S. C.; DA SILVA, C. A.; KOZEL, S.; ALMEIDA SILVA, A. de. ORDENAMENTO ESPACIAL EM RONDÔNIA: DE TERRITORIO À ESTADO. Terr@ Plural, [S. l.], v. 9, n. 2, p. 157–179, 2015. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/8097. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos