Convergências no padrão de distribuição de espécies vegetais campestres nos Campos Gerais (Província Biogeográfica Paranaense)

Autores

  • Marina Comerlatto da Rosa Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Rosemeri Segecin Moro Universidade Estadual de Ponta Grossa

Resumo

Neste estudo biogeográfico parte-se de uma escala regional para detectar padrões de distribuição de espécies vegetais campestres nos Campos Gerais do Paraná. Utilizou-se uma matriz de presença/ ausência composta por 471 espécies oriundas de dados fitossociológicos e 1.455 espécies constantes de levantamentos florísticos de sete fitocenoses. Calculou-se o Coeficiente de Semelhança Biogeográfica bem como os índices de diversidade beta de Harrison e de Wilson e Schmida. Assim, trabalha-se com a hipótese de um cenário vicariante, ou seja, a fragmentação de uma distribuição anteriormente mais ampla de estepe, ocupada por savanas que se dispersam a partir do core do Bioma, seguindo flutuações climáticas. 

Downloads

Publicado

2016-10-23

Como Citar

COMERLATTO DA ROSA, M.; SEGECIN MORO, R. Convergências no padrão de distribuição de espécies vegetais campestres nos Campos Gerais (Província Biogeográfica Paranaense). Terr@ Plural, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 61–73, 2016. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/9239. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos