O contexto geográfico e ambiental das Áreas de Preservação Permanente

Autores

  • Alexei Nowatzki UFPR
  • Orestes Jarentchuk Junior UFPR
  • Eduardo Vedor de Paula UFPR

Resumo

Neste artigo objetivou-se discutir de que maneira alguns conceitos geográficos estão inseridos na discussão da Lei Florestal Brasileira, sobretudo na definição das Áreas de Preservação Permanente (APPs). Para realizar tal meta, foi discutido sobre como a perspectiva sistêmica integra os elementos do meio físico, por meio do recorte espacial da bacia hidrográfica que serve como unidade de análise dessas áreas de preservação. Também foi destacada a funcionalidade ambiental da APPs as margens de rios e nascentes.

Downloads

Publicado

2017-02-24

Como Citar

NOWATZKI, A.; JARENTCHUK JUNIOR, O.; VEDOR DE PAULA, E. O contexto geográfico e ambiental das Áreas de Preservação Permanente. Terr@ Plural, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 23–34, 2017. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/tp/article/view/9661. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos