Trabalho e Família: Tensões e Articulações no Contexto do Setor Têxtil (Work and Famíly: the Tensions and disjoints in the Contexto f the Textile Industry)

Conteúdo do artigo principal

Patrícia Maccarini Moraes
Regina Célia Tamaso Mioto

Resumo

Resumo: Equilibrar trabalho e responsabilidades familiares é um dos principais desafios colocados às famílias trabalhadoras contemporâneas. Este artigo problematiza as condições das famílias para enfrentar esse desafio a partir dos resultados de uma pesquisa qualitativa com trabalhadores que produzem para o setor têxtil na cidade de Jaraguá do Sul/SC. Os resultados mostram que, diante da inexistência de políticas que favoreçam o equilíbrio trabalho-família, são articuladas estratégias de caráter essencialmente privado: arranjos e adaptações no cotidiano, “opção” pelo trabalho informal e em domicílio; divisão do trabalho familiar entre os cônjuges e práticas de solidariedade familiar. Nesse contexto, demarca-se a sobrecarga da família e a negação dos direitos de cidadania.

Palavras-chave: Família. Trabalho. Cidadania.

Abstract: One of the main challenges of contemporary working families is to balance work and families responsibilities. This work discusses the conditions of families to meet this challenge based on the results of a qualitative research with people that produce to textile industry in Jaraguá do Sul/SC. The results show that in the face of lack of policies that promote work-family balance, strategies essentially private are articulated: arrangements and adjustments in daily life, the “option” for informal work and work at home; the division of the family work between the spouses and the family solidarity practices. In the context, it stands out fromthe overhead of the family and the denial of citizenship rights.

Keywords: Family. Work. Citizenship.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
Moraes, P. M., & Mioto, R. C. T. (2017). Trabalho e Família: Tensões e Articulações no Contexto do Setor Têxtil (Work and Famíly: the Tensions and disjoints in the Contexto f the Textile Industry). Emancipação, 17(1), 90–107. https://doi.org/10.5212/Emancipacao.v.17i1.0007
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Patrícia Maccarini Moraes, Instituto Federal de Santa Catarina

Assistente Social atuando no Instituto Federal de Santa Catarina, campus Canoinhas. Mestre  em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2015). Doutoranda em Serviço Social na UFSC. Expecialista em Gestão Social de Políticas Públicas pela Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL (2012). Pesquisadora integrante do Núcleo Interdisciplinar Sociedade, Família e Política Social da UFSC.

Regina Célia Tamaso Mioto

Possui graduação em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1973), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1989) e doutorado em Saúde Mental pela Universidade Estadual de Campinas (1994). Realizou pós-doutorado na Universidade de Perugia-IT. Atualmente é professora da Universidade Católica de Pelotas - Programa de Pós-Graduação em Política Social e professora voluntária da Universidade Federal de Santa Catarina, onde integra o Núcleo de Pesquisa Interdisciplinar Sociedade, Família e Políticas Sociais. Concentra suas pesquisas no campo da política social. Particularmente na interação política social e família; política social e serviços sociais; política social,, formação e práticas profissionais com ênfase na formação e no trabalho dos assistentes sociais.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)