“Meu sonho maior é procurar cantar melhor do que já cantei, e cantar até na hora da morte”

Entrevista com o Príncipe dos Poetas Populares, Pedro Bandeira [in memoriam]

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5212/RIF.v.21.i46.0012

Resumo

Pedro Bandeira de Caldas, ou apenas Pedro Bandeira, foi — e é ainda — um dos maiores cantadores repentistas da história brasileira. Símbolo da arte do repente, seu nome permanece, mesmo após sua morte, relevante e atual no cenário da música da cultura popular, tanto por suas performances marcantes como para a compreensão de uma das artes poético-musicais mais significativas do país. A entrevista aqui trans(des)crita ocorreu em três momentos, e fez parte de um projeto de mapeamento de cantadores vinculados à Universidade Federal do Cariri, chamado De Repente em Ação.  A primeira parte da entrevista aconteceu no dia 31 de outubro de 2016, na Rádio Verde Vale, em Juazeiro do Norte, Ceará, onde ele apresentava um programa diário sobre cantoria (à época com 78 anos de idade). A segunda no dia 12 de abril de 2018, também na Rádio Verde Vale, ele, na ocasião, com 80 anos de idade. Já o terceiro e último registro do relato ocorreu no dia 30 de agosto de 2018, em sua residência, no mesmo município (81 anos). Esperamos que os temas tratados nesta entrevista possam trazer algumas concepções sobre a cantoria no Brasil a partir do relato de um dos seus maiores expoentes.

Biografia do Autor

Rodolfo Rodrigues, Universidade Federal do Cariri

Professor de Música do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI), campus Paulistana. Possui graduação em Música pela Universidade Federal do Cariri (2018) e mestrado em Música pela Universidade Federal da Paraíba (2022). Idealizador do projeto De Repente em Ação. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em música, atuando principalmente nos seguintes temas: cantoria repentista, música da cultura popular e transmissão musical.

Referências

BARBOSA, Franco. O poeta Pedro Bandeira mostra Juazeiro ao mundo. HB Gráfica, Juazeiro do Norte - CE, 2012.

PEREIRA, Amalle Catarina Ribeiro. Vida de gado: vaqueiros entre a lida e a palavra em Serrita (PE). Tese de Doutorado. Universidade de Brasília, Brasília - DF, 2021.

RODRIGUES, Rodolfo. A música na cantoria: processos de transmissão musical na prática do cantador repentista. Dissertação (Mestrado em Música). João Pessoa - PB, 145 p, 2022.

SECULT. Mapa Cultura do Ceará. Poeta Pedro Bandeira. 2018. Disponível em: https://mapacultural.secult.ce.gov.br/agente/41135/. Acesso em: 06 de fevereiro de 2023.

Downloads

Publicado

2023-06-30

Como Citar

RODRIGUES, R.; MELO, S. G. de. “Meu sonho maior é procurar cantar melhor do que já cantei, e cantar até na hora da morte”: Entrevista com o Príncipe dos Poetas Populares, Pedro Bandeira [in memoriam]. Revista Internacional de Folkcomunicação, [S. l.], v. 21, n. 46, p. 233–246, 2023. DOI: 10.5212/RIF.v.21.i46.0012. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/folkcom/article/view/21922. Acesso em: 17 jun. 2024.