“Arte é fundamental para não embrutecermos e sabermos que há uma luz mais adiante”

Entrevista com a Professora Doutora Maristela Carneiro

Resumo

Maristela Carneiro é professora desde 2019 da Faculdade de Comunicação e Artes (FCA) e atual coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Graduada e com doutorado em História, a docente possui também mestrado em Ciências Sociais Aplicadas. Ao longo dos anos na carreira acadêmica, tem se dedicado a estudar e analisar questões relacionadas a gênero, feminismo, masculinidades, pensamento decolonial, além de arte e cultura. Nesta entrevista, a pesquisadora conversa com o PNB Online sobre o momento de ataque à arte e à transgressão e a onda conservadora que ganhou força nos últimos anos em diversos países do mundo. Além disso, ela compartilha como encara os desafios vividos pelas universidades brasileiras e as descobertas da vida de docente.

Biografia do Autor

Fernanda Safira Soares Campos (UFMT), Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT

Fernanda Safira Soares Campos. Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e mestranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Poder da UFMT (PPGCOM-UFMT) e membro dos grupos de pesquisa Comunicação, Política e Cidadania (CICLO/UFMT) e Observatório do Populismo do Século XXI (UnB).

Pedro Pinto de Oliveira (UFMT), Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT

Pedro Pinto de Oliveira. Jornalista, editor de comunicação, cultura e ciência do pnbonline.com.br. Doutor em Comunicação pela UFMG. Pós-Doutorado em Comunicação e Artes pela UBI/Portugal. Professor e pesquisador associado do Programa de Pós-Graduação de Cultura Contemporânea (ECCO) e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Poder (PPGCOM), ambos da UFMT.

Publicado
2021-05-04
Seção
Entrevista | Interview | Entrevista