O projeto educacional da Itaipu Binacional para a margem direita paraguaia (1974-1985) (The Binational Itaipu educational project for the paraguayan right margin (1974-1985))

Conteúdo do artigo principal

Denise Kloeckner Sbardelotto
André Paulo Castanha

Resumo

O artigo analisa o “Projeto Educacional da Itaipu Binacional para a margem direita paraguaia”, viabilizado durante o período de construção da Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu, entre 1974 e 1985. Na margem direita, o Paraguai organizou uma estrutura ideológica que estava alicerçada em iniciativas de educação formal e não-formal, viabilizadas nas Vilas Habitacionais
e Canteiro de Obras. Sob pressupostos do materialismo histórico-dialético, esta pesquisa utilizou instrumentos teóricos, bibliográficos, documentais e entrevistas semiestruturadas. Concluímos que o convênio entre Itaipu Binacional e o “Ministerio de Educación y Culto – MEC” garantiu o controle da entidade e dos representantes do convênio sobre as instituições, a segregação entre as Áreas Habitacionais, espaços de lazer, escolas e colégios. Tratava-se de um aparato ideológico destinado aos trabalhadores e seus dependentes, como forma de disciplinamento e controle, dentro e fora da Usina. 

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
Sbardelotto, D. K., & Castanha, A. P. (2022). O projeto educacional da Itaipu Binacional para a margem direita paraguaia (1974-1985) (The Binational Itaipu educational project for the paraguayan right margin (1974-1985)). Emancipação, 22, 1–20. https://doi.org/10.5212/Emancipacao.v.22.2217852.007
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Denise Kloeckner Sbardelotto

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Pós-doutora em Educação pela Universidade Estadual do Oeste (Unioeste);  Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa ( UEPG). Pedagoga pela Unioeste. Professora do Centro Universitário UniFatecie, nos cursos de Pedagogia e Psicologia. E-mail: deniseklsb@yahoo.com.br

André Paulo Castanha, Universidade Estadual do Centro Oeste - Unioeste

Doutor em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Pós-doutor na área de Filosofia e História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor do curso de Pedagogia e do Mestrado em Educação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), campus de Francisco Beltrão. E-mail: andrecastanha66@gmail.com

Referências

BÁEZ, G. N. de. Reseña Histórica del Alto Paraná. Ciudad del Este/PY: Papyru’s, 2003.
CANESE, R. Itaipu e as relações paraguaio-brasileiras: uma visão desde a perspectiva paraguaia. In: SCHILLING, P. R.; & CANESE, R. Itaipu: geopolítica e corrupção. São Paulo/PR: CEDI, 1991.
CARDOSO, C. F. Os métodos da história. Rio de Janeiro/RJ: Graal, 1981.
CAUBET, C. As grandes manobras de Itaipu: energia, diplomacia e direito na Bacia do Prata. São Paulo/SP: Acadêmica, 1989.
ELÍAS, R.; CHAPARRO, E. S. La educación en tiempos de Stroessner. s/d. Disponível em: https://pt.scribd.com/doc/95001398/La-educacion-en-tiempos-de-Stroessner Acesso em: 20/04/2017.
GOHN, M. da. G. Educação não-formal na pedagogia social. Anais 1º Congresso Internacional de Pedagogia Social. Març./2006.
HARVEY, D. O trabalho, o capital e o conflito de classes em torno do ambiente construído nas sociedades capitalistas avançadas. Espaço e Debates, São Paulo, Ano II, n.º 6, Jun./set./1982, p. 6-35.
Informativo UNICON – Foz do Iguaçu/PR: 31/01/1981, Ano II, n.º 33; 20/04/1978, nº 1, n.º 5; 09/12/1978, Ano I, n.º 17; 05/06/1980, Ano III, n.º 49; 04/02/1978, Ano I, nº 1.
ITAIPU Binacional. D.MAS/S.Educ./052/1982, de 27/09/1982.
ITAIPU Binacional. Relatório Anual de Itaipu. 1985.
ITAIPU/MEC – Itaipu Binacional/Ministerio de Educación y Culto. Convênio n.º 336, 05/07/1977 (Convenio de Educación entre el Ministerio de Educación y Culto y la Itaipu Binacional).
ITAIPU Binacional. Orientaciones Básicas para la Elaboración del Nuevo Convenio de Educación con el Ministerio de Educación y Culto, 1986.
ITAIPU Binacional – Resolución/Reunión Ordinária do Directorio Ejecutivo: RDE 146-87, 22/12/1987.
ITAIPU Binacional. 40 Años de Historias: hombres y mujeres protagonistas de la historia de Itaipu. Asunción/PY: Fotosíntesis S.A, 2014.
Jornal Diario Hoy – La Plata/ARG: 10/04/1980; 23/08/1980.
LAMBERTI, E. Regulação e Reprodução do Sistema Socioeconômico: análise da trajetória do desenvolvimento do Paraguai. Tese (Programa de Pós-Graduação em Economia). Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, 2011.
MARQUES et al. La frontera entre el Paraguay y el Brasil y la importancia del territorio, las instituciones y la sociedad en la formación de la identidad “brasiguaya”. In: Notas de población. Naciones Unidas/CEPAL. Año XXXIX, n.º 94, Santiago/CHL, 2012.
MAZZAROLLO, J. A taipa da injustiça: esbanjamento econômico, drama social e holocausto ecológico em Itaipu. São Paulo/SP: Loyola, 2003.
MENEZES, A. da M. A herança de Stroessner: Brasil-Paraguai (1955-1980). Campinas/SP: Papirus, 1987.
NICKSON, R. A. El regimen de Stroessner (1954-1989). University of Birmingham. Birmingham/UK. Select Works, 2010. Disponível em: https://works.bepress.com/andrew_nickson/14/ Acesso em: 15/04/2017.
PARAGUAI. Lei n.º 1265, de 04/11/1987 (“Modifica la Ley nº 253/71. Que crea el Servicio Nacional de Promoción Profesional”).
PEREIRA, O. D. Itaipu, prós e contras: ensaio sobre a localização, no Brasil, da maior barragem do mundo e suas implicações em nossa política continental. Rio de Janeiro/RJ: Paz e Terra, 1974.
Revista Construção da Pesada: 1979.
RIVAROLA, D. M. La reforma educativa en el Paraguay. Santiago/CHL: División de Desarrollo Social. Naciones Unidas/CEPAL/ECLAC, 2000.
SILVA, J. da. A Usina de Itaipu e a Operação Condor: o outro lado das relações bilaterais Brasil-Paraguai (1973-1987). (Mestrado em História). PUC/SP, 2010.
SILVA, R. A. A. Brasil – Paraguai. Marcos da política pragmática na reaproximação bilateral, 1954 – 1973. Um estudo de caso sobre o papel de Strossner e a importância de Itaipu. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais). UNB, Brasília/DF, 2006.
SOUZA, A. A. de. Itaipu e a urbanização da zona de fronteira do Iguaçu: cidade e conjuntos habitacionais da Usina Hidrelétrica. Dissertação (Mestrado em Urbanismo), PUC/Campinas, 2011.
THEMAG, Engenharia e Gerenciamento Ltda. Relatório. 1982.