A Pedagogia como lócus de formação profissional de educadores(as): desafios epistemológicos e curriculares

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.15.15528.057

Resumo

Este artigo consiste em um ensaio teórico que aborda, como questão central, as configurações formativas do curso de Pedagogia no Brasil. As reflexões propostas aportam-se em considerações sobre o estatuto epistemológico da Pedagogia e o seu lugar como Ciência da Educação no desenvolvimento da práxis profissional de educadores(as) em diferentes contextos. O artigo desenvolve críticas a perspectivas que deslocam o seu sentido como saber científico engajado na produção de sentidos e práticas que fortaleçam a dimensão humanizadora e o caráter público da educação. Em decorrência dessa orientação crítica, traça-se uma perspectiva de organização curricular do curso baseada em eixos que buscam traduzir a complexidade da Pedagogia no intuito de demarcar sua especificidade e o seu compromisso com a formação de pedagogos(as) referenciada na concepção de educação como emancipação humana.

Palavras-chave: Ciência da Educação. Pedagogo. Projeto pedagógico.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2020-06-06

Como Citar

PIMENTA, S. G.; PINTO, U. de A.; SEVERO, J. L. R. de L. A Pedagogia como lócus de formação profissional de educadores(as): desafios epistemológicos e curriculares. Práxis Educativa, [S. l.], v. 15, p. 1–20, 2020. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.15.15528.057. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/15528. Acesso em: 30 jan. 2023.