Alunos de escola básica e suas representações de professores

Autores

  • Roberta Kolling Escalante Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Rosely Perez Xavier Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.6i2.0008

Resumo

Este artigo analisa como alunos de escola básica representam socialmente o professor em aspectos como gênero, idade, aparência, atitude e metodologia de ensino. Também examina os efeitos desses aspectos na relação aluno-professor. A pesquisa baseou-se na Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI, 1978, 1984, 2004) e contou com a participação de 69 estudantes de diferentes fases escolares, que foram submetidos a um questionário e a uma entrevista em grupo focal. Os dados mostraram que certos estereótipos são percebidos nas representações dos alunos sobre os professores e que aspectos como a atitude e a metodologia de ensino podem gerar conflitos na relação aluno-professor.

 

Palavras-chave: Representações Sociais. Professores de escola básica. Interação professor-aluno.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2011-12-07

Como Citar

ESCALANTE, R. K.; XAVIER, R. P. Alunos de escola básica e suas representações de professores. Práxis Educativa, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 265–276, 2011. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.6i2.0008. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/2455. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos