Perspectivas epistemológicas no contexto da metapesquisa: um estudo sobre pesquisas em políticas educacionais

Resumo

Esta metapesquisa objetivou identificar a perspectiva epistemológica explicitada em 56 dissertações da Linha 1 “Políticas Educacionais, História e Organização da Educação”, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Centro-Oeste (PPGE/Unicentro), formuladas no período de 2014 a 2018, a partir dos conceitos de teorização combinada e teorização adicionada (MCLENNAN, 1996) e da proposta de metapesquisa em política educacional, por meio da leitura sistemática da amostra selecionada (MAINARDES, 2017, 2018a, 2021). Sobre os resultados deste estudo, destaca-se que 51 mestrandos (91,04%) indicaram autores ou tradições/matrizes teóricas, não fazendo referência às perspectivas epistemológicas utilizadas nas dissertações. As demais cinco dissertações (8,96%) não realizaram tais apontamentos; desse modo, englobaram diferentes autores que fundamentaram as análises realizadas. Diante do exposto, quatro desses trabalhos (7,18%) foram classificados em teorização combinada, pois realizaram junção de autores que fundamentaram um referencial consistente para a análise. Uma dissertação (1,78%) realizou pouca análise teórica, o que culminou em uma pesquisa classificada como teorização adicionada. A explicitação do materialismo histórico-dialético destacou-se como perspectiva teórica mais utilizada nas pesquisas analisadas, um total de 35 dissertações (62,5%). Assim, verificou-se que as pesquisas formuladas no âmbito do PPGE/Unicentro, embora mencionem as perspectivas teóricas utilizadas, poderiam ser classificadas como estudos de teorização combinada ou teorização adicionada, pois fizeram uso de diversos autores e diversas teorias para formulação do referencial teórico.

Palavras-chave: Metapesquisa. Perspectiva epistemológica. Pesquisa em políticas educacionais.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luciane Chimel, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Professora da Educação Básica. Mestre em Educação pela Unicentro. Integrante do Grupo de Pesquisa Estado, Políticas e Gestão da Educação (Unicentro/IRATI-PR).

Michelle Fernandes Lima, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Professora do Departamento de Pedagogia e do PPGE/Unicentro. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Pós-doutorado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Líder do Grupo de Pesquisa Estado, Políticas e Gestão da Educação (Unicentro/IRATI-PR).

Publicado
2021-06-08
Edição
Seção
Metapesquisa no campo da Política Educacional