O estado da arte das pesquisas sobre o ensino de Ciências para estudantes surdos

Autores

  • Ronaldo Santos Santana Prefeitura Municipal de São Paulo e Universidade de São Paulo.
  • Cássia Geciauskas Sofiato Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.13i2.0019

Resumo

A presente pesquisa buscou evidenciar o estado da arte das pesquisas sobre o ensino de Ciências para estudantes surdos, de 2012 a 2017, a fim de traçar um panorama dos últimos estudos da área, suas tendências e suas principais considerações. Para isso, foi realizada uma pesquisa do tipo estado da arte e, para a construção do corpus de dados, foram utilizados os resumos de artigos publicados em revistas científicas, trabalhos de conclusão de cursos, dissertações e teses. A partir da análise dos dados, foram elaboradas categorias e explicitadas tendências e desafios presentes no campo. Os resultados demonstram que estão em eminente crescimento as pesquisas nesse campo e elas estão sendo articuladas aos referenciais teóricos que embasam o ensino de Ciências para estudantes ouvintes.

 

Palavras-chave: Educação científica. Surdez. Revisão de literatura.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ronaldo Santos Santana, Prefeitura Municipal de São Paulo e Universidade de São Paulo.

Licenciado em Ciências Biológicas (UNASP), Mestre em Ensino, História e Filosofia das Ciências e da Matemática (UFABC), Doutorando em Educação (USP). Professor de Ciências da Prefeitura Municipal de São Paulo.

Cássia Geciauskas Sofiato, Universidade de São Paulo

Professora Adjunta da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2018-05-01

Como Citar

SANTANA, R. S.; SOFIATO, C. G. O estado da arte das pesquisas sobre o ensino de Ciências para estudantes surdos. Práxis Educativa, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 596–616, 2018. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.13i2.0019. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/11059. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Demanda Contínua - Artigos