O formador de professores de Língua Portuguesa do PNAIC e as alterações em suas práticas profissionais

Autores

  • Elsa Midori Shimazaki Universidade Estadual de Maringá
  • Renilson José Menegassi Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.11i1.0009

Resumo

O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) propõe-se a oferecer aos professores de 1º ao 3º anos conhecimentos necessários sobre os processos de alfabetização e letramento para que as crianças no Brasil sejam alfabetizadas até os 8 anos de idade. Nesse programa, o papel do formador de professor é aqui discutido por meio de um questionário aplicado junto aos onze formadores de professores da Universidade Estadual de Maringá, com o qual se investigou como essas influências se caracterizam. Os dados coletados demonstram que os desdobramentos do PNAIC evidenciam-se não somente na melhoria de suas práticas docentes em sala de aula como também em: a) trabalhos externos para formação continuada; b) participação em projetos de pesquisa institucional; c) apresentação e participação em eventos acadêmicos; d) docência em cursos de especialização; e) aprovação em Programa de Pós-Graduação stricto sensu. Tais resultados demonstram como o PNAIC apresenta abrangências e influências muito maiores do que aquelas previstas inicialmente.

 

Palavras-chave: Professor formador. PNAIC. Práticas profissionais.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elsa Midori Shimazaki, Universidade Estadual de Maringá

Professora Associada da Departamento de Teoria e Prática da Educação na área de Prática de Ensino e professora do programa de pós-graduação em educação.

Renilson José Menegassi, Universidade Estadual de Maringá

Professor associado do Departamento de Teorias Linguísticas e Literárias e do program de pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Maringá

Downloads

Publicado

2016-06-01

Como Citar

SHIMAZAKI, E. M.; MENEGASSI, R. J. O formador de professores de Língua Portuguesa do PNAIC e as alterações em suas práticas profissionais. Práxis Educativa, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 199–213, 2016. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.11i1.0009. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/7206. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Políticas de Formação de Professores Alfabetizadores

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)