Operacionalização do modelo de Gestão do Conhecimento proposto por Terra (2005): uma análise segundo a ótica do gerenciamento

Autores

  • Deisy Cristina Corrêa Igarashi UEM
  • Wagner Igarashi UNIOESTE
  • Angela Noemia Machado Cardoso UNIOESTE
  • Fabiane Puerari da Silva UNIOESTE
  • Marina Keiko Nakayama UFSC

Resumo

O conhecimento é um recurso estratégico imprescindível para a competitividade organizacional. Principalmente quanto:
os mercados, os produtos, as tecnologias e a própria sociedade se transformam a um ritmo acelerado. Assim, para que as organizações
possam se manter competitivas, elas devem avaliar e gerenciar seu conhecimento, de modo a identifi car e aperfeiçoar
seus diferenciais e melhorar seus desempenhos. Nesse cenário, o presente estudo analisa os benefícios que a operacionalização
do modelo de Gestão do Conhecimento proposto por Terra (2005) proporciona, segundo a ótica do gerenciamento. O estudo se
confi gura como transversal de caráter descritivo. Ele contempla elementos teóricos e empíricos e tem abordagem qualitativa. Em
termos de resultados, o modelo proposto por Terra (2005) confi rma na prática a análise teórica e crítica realizada. Isso porque o
modelo, na prática, demonstrou: ser subjetivo quanto ao processo de avaliação, gerar apenas a possibilidade de o gestor conhecer
os “níveis de concordância” expressos pelos funcionários em relação aos itens objeto de questionamento; e de promover apenas
o autoconhecimento para a organização, sobre os elementos vinculados à gestão do conhecimento, sem fornecer subsídios quanto
à modelagem de indicadores ou ações para melhoria dos “níveis de concordância”.

Downloads

Publicado

17-07-2012

Como Citar

IGARASHI, D. C. C.; IGARASHI, W.; CARDOSO, A. N. M.; SILVA, F. P. da; NAKAYAMA, M. K. Operacionalização do modelo de Gestão do Conhecimento proposto por Terra (2005): uma análise segundo a ótica do gerenciamento. Revista ADMPG, [S. l.], v. 5, n. 1, 2012. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/admpg/article/view/13983. Acesso em: 9 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)