Relações de gênero e sexualidade em livros didáticos dos anos finais do ensino fundamental: um estudo de caso em uma escola de Ilicínea-MG

Conteúdo do artigo principal

Prof. Dr. André Sena Mariano
https://orcid.org/0000-0002-2499-261X
Me. Leandro Borges Ferreira
https://orcid.org/0000-0003-1317-5443

Resumo

Este artigo é resultado de uma dissertação de mestrado que teve como problema de pesquisa “Como os livros didáticos voltados aos anos finais do ensino fundamental abordam o tema das relações de gênero e sexualidade? Os livros selecionados foram usados por alunos/as e professores/as do nono ano do ensino fundamental de uma escola da rede municipal da cidade de Ilicínea-MG e tiveram a análise de imagens como foco. As disciplinas escolhidas foram Geografia, Matemática, Língua Portuguesa, Ciências e História. Os resultados deste estudo mostram que os livros didáticos reforçam os estereótipos em torno das relações de gênero; que as análises em torno da sexualidade, quando existem, não são explícitas, ficando, portanto, subentendida a heterossexualidade como a única forma de viver essa dimensão da vida.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
MARIANO, A. S.; FERREIRA, L. B. Relações de gênero e sexualidade em livros didáticos dos anos finais do ensino fundamental: um estudo de caso em uma escola de Ilicínea-MG. Olhar de Professor, [S. l.], v. 26, p. 1–21, 2023. DOI: 10.5212/OlharProfr.v.26.20111.034. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/20111. Acesso em: 27 fev. 2024.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Prof. Dr. André Sena Mariano, Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL

Doutor em Educação pela UFSCar. Professor Associado do Instituto de Ciências Humanas e Letras e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Alfenas.

Me. Leandro Borges Ferreira, Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL

Mestre em Educação pela UNIFAL-MG. Professor efetivo da Rede Estadual de Minas Gerais e da Prefeitura Municipal de Ilicínea-MG.

Referências

ALMEIDA, J.S. Co-educação ou classes mistas? Indícios para a historiografia escolar (1870-1930). Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 86, n. 213/214, maio/dez., 2005, p. 64-78. Disponível em: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.86i213/214.836. Acesso em 09 de maio de 2019.

AUAD, D. Educar meninos e meninas: relações de gênero na escola. 2. Ed. – São Paulo: Contexto, 2018.

AUAD, D. Feminismo: que história é essa? – Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

BANDEIRA, A.; VELOZO, E. Livro didático como artefato cultural: possibilidades e limites para as abordagens das relações de gênero e sexualidade no Ensino de Ciências. Ciência: Educ, Bauru, v. 25, n. 4, 2019, p. 1019-1033. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1516-731320190040011. Acesso em 09 de maio de 2019.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução Luís Antero Reto, Augusto Pinheiro, -- São Paulo: Edições 70, 2016.

COLLINS, P. H.; BILGE, S. Interseccionalidade. São Paulo: Boitempo, 2021.

CONNELL, R. Gênero em Termos Reais. Tradução Marília Moschkovich. São Paulo: nVersos, 2016.

CONNELL, R. Gênero Uma Perspectiva Global. Tradução e revisão técnica Marília Moschkovich. São Paulo: nVersos, 2015.

CONNELL, R. W. Políticas da Masculinidade. Educação e Sociedade. v. 20, n. 2, 1995, p. 187-206. Disponível em https://seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/71725/40671. Acesso em 10 de maio 2019.

DIAS, Z. B. Ensino de Ciências Naturais, Livros Didáticos e Imagens: Investigando Representações de Gênero. São Paulo, 2014. Doutorado (Tese em Ciências Sociais) PUCSP. Disponível em https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/3598. Acesso em 15 de maio de 2019.

FARIA, A. L. G. Ideologia no livro didático. 12ª ed. São Paulo: Cortez, 1996.

FURLANI, J. Educação sexual: possibilidades didáticas. In: LOURO, G.L.; FELIPE J.; GOELLNER, S.V.; (Organizadoras.). Corpo, Gênero e Sexualidade: Um debate contemporâneo na educação. 9. Ed. - Petrópolis, RJ: Vozes, 2013, pp. 67-82.

LOURO, G. L. Currículo, Gênero e Sexualidade. Portugal: Porto Editora, 2001.

LOURO, G. L. Gênero, sexualidade e Educação: uma perspectiva pós-estruturalista.16.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

LOURO, G. L. Pedagogias da sexualidade. In: LOURO, G. L. (Org.) O corpo educado: pedagogias da sexualidade. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

MENEGOL, D. COPINI, V. Desafios de ensinar e de aprender os artefatos culturais. Universidade de Caxias do Sul – UCS, 2012.

MORAES, R. Análise de conteúdo. Revista Educação, Porto Alegre, v. 22, n. 37, p. 7-32, 1999. Disponível em https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4125089/mod_resource/content/1/Roque-Moraes_Analise%20de%20conteudo-1999.pdf. Acesso em 11 de maio de 2019.

OLIVEIRA, W. S. A imagem da mulher nos livros didáticos e relações de gênero. ITABAIANA: GEPIADDE, Ano 5, Volume 9 | jan-jun de 2011. Disponível em https://seer.ufs.br/index.php/forumidentidades/article/view/2078. Acesso em 11 de maio de 2019.

PERROT, M. Os excluídos da história: operários, mulheres e prisioneiros. São Paulo: Paz e Terra, 2017.

RIBEIRO, M. S. Relações de gênero e de idade em discursos sobre sexualidade veiculados em livro brasileiros de Ciências Naturais. São Paulo, Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) PUC-SP, 2013. Disponível em https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/17012. Acesso em 15 de maio de 2019.

SILVA, M. B. Representação de homossexuais nos livros didáticos de História para os anos finais do ensino fundamental, distribuídos pelo Programa Nacional do Livro Didático – PNLD (2005-2011). Dissertação (Mestrado em Educação), UFS, 2013. Disponível em https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/4896/1/MARCIA_BARBOSA_SILVA.pdf

SILVA, M. B. Diversidade sexual nos livros didáticos de história: uma proposta de pesquisa. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História – ANPUH • São Paulo, julho 2011.

SOUZA, E. L.; GARCIA, N. M. D. O livro didático de ciências: escolha e uso pelos seus professores. Curitiba – PR: PUC, 2013.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis – RJ: Vozes, 2002.

TONINI, I. M. Identidades Capturadas: gênero, geração e etnia na hierarquia territorial dos livros de geografia. 2002, 139f. Dissertação (Mestrado em Educação) UFRGS, Porto Alegre, 2002. Disponível em https://lume.ufrgs.br/handle/10183/319 Acesso em 15 de maio de 2019.