A produção de vídeos educativos como desafio na formação de professores – relato de uma experiência

Conteúdo do artigo principal

Dr.ª Carla Susana Nunes Ferreira Vieira
https://orcid.org/0000-0003-3034-9732
Dr. Aníbal Rui de Carvalho Antunes das Neves
https://orcid.org/0000-0002-3285-7733
Dr. António Augusto de Freitas Gonçalves Moreira
https://orcid.org/0000-0003-0040-2811

Resumo

Numa era digital em que os desafios à inovação na formação de professores são evidentes, o objetivo deste artigo é identificar e desenvolver diferenciadas estratégias de aprendizagem e desenvolvimento de competências. No âmbito da Licenciatura em Educação Básica de uma universidade portuguesa e da unidade curricular de Didática das Expressões e Comunicação, os estudantes foram desafiados a produzir em grupo um vídeo educativo. Foram produzidos 9 vídeos educativos, com a participação de 39 estudantes com idades compreendidas entre os 20 e os 39 anos. No final foi aplicado online um questionário individual, centrado em compreender “como os estudantes percecionam o potencial formativo da tarefa de produção de um vídeo”. Os dados mostram uma perceção generalizada da existência de aspetos que potenciam a produção de vídeos educativos como ferramenta de formação de professores e da necessidade de os estudantes desenvolverem competências tecnológicas e pedagógicas que lhes permitam identificar, rentabilizar e usufruir dos recursos digitais.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
VIEIRA, C. S. N. F.; NEVES, A. R. de C. A. das .; MOREIRA, A. A. de F. G. . A produção de vídeos educativos como desafio na formação de professores – relato de uma experiência. Olhar de Professor, [S. l.], v. 26, p. 1–17, 2023. DOI: 10.5212/OlharProfr.v.26.21314.050. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/21314. Acesso em: 18 jun. 2024.
Seção
Experiências Pedagógicas
Biografia do Autor

Dr.ª Carla Susana Nunes Ferreira Vieira, Universidade de Aveiro - Portugal

Carla Ferreira é membro do Laboratório de Supervisão e Avaliação do CIDTFF no Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro (Portugal). É Licenciada em Educação pela Universidade de Aveiro (2004), Pós-Graduada em Educação Especial (Domínio Cognitivo e Motor) (2008) pelo ISCIA (Instituto Superior de Informação e Administração das Ciências), Especializada em Educação e Bibliotecas (2011) pela Universidade Lusófona do Porto e Mestre em Ciências da Educação (Especialização em Formação Pessoal e Social) (2011) pela Universidade de Aveiro. Aluno de Doutoramento na área do Ensino Superior, com enfoque nos Sistemas de Gestão da Qualidade dos Processos de Ensino e Aprendizagem e na Avaliação do Ensino Centrado no Estudante no Programa de Doutoramento em Educação, Universidade de Aveiro.
Foi fundadora e responsável pelo Serviço de Educação e Animação da Biblioteca Municipal de Estarreja (2006-2011), Auditor Interno da Qualidade (2009-2011) e Gestora do Processo da Biblioteca Municipal de Estarreja no âmbito da Gestão da Qualidade (2010-2011). De 2009 a 2011 colabora na Rádio de Voz da Ria com programas de promoção da leitura e desde 2012 é Membro da Comissão da Universidade Superior de Cacia, onde também ensina espanhol e francês como voluntária.
Os seus interesses de investigação incluem Pedagogia no Ensino Superior, Avaliação e Qualidade, Sistemas de Gestão da Qualidade, Formação Contínua de Professores, Educação de Adultos, Bibliotecas, e Educação e Património Cultural.

Dr. Aníbal Rui de Carvalho Antunes das Neves, Universidade de Aveiro - Portugal

Doutor em Multimídia em Educação. Investigador e docente na Universidade de Aveiro, Portugal. Professor Assistente - Departamento de Educação e Psicologia / Centro de Investigação em Didáctica e Tecnologia na Educação de Formadores - CIDTFF
Universidade de Aveiro

Dr. António Augusto de Freitas Gonçalves Moreira, Universidade de Aveiro

Nascido em Aveiro, Portugal, em 1957, António Moreira é doutorado em Didáctica das Línguas Estrangeiras pela Universidade de Aveiro, onde desempenha actividades de ensino e investigação como Professor Associado. Com vários livros, capítulos, artigos e software educativo e de investigação publicados em Portugal e no estrangeiro, coordenou o Centro de Competência Local Nónio Século-XXI, o Laboratório de Conteúdos Digitais da Universidade de Aveiro do qual foi fundador, e o director dos Cursos de Formação de Especialização, Curso de Mestrado e Programa de Doutoramento em Multimédia na Educação. Coordenou também os programas de formação de professores primários Internet@eb1 e CBTIC@EB1 para o distrito de Aveiro entre 2002-2007. Com envolvimento principal na pós-graduação, é o Director do Programa de Doutoramento em Multimédia na Educação, supervisionou cinco estágios (incluindo Erasmus), 62 mestrados pré-Bolonha, 42 doutorandos e 5 pós-doutorandos. Os seus principais interesses de investigação são Flexibilidade Cognitiva Hipertextos de Aprendizagem, Comunidades de Prática e Instrução de Acesso Aleatório. Foi desde finais de 2010 até princípios de 2015 o Director do Departamento de Educação, Universidade de Aveiro, e é agora o vice-coordenador do Centro de I&D do CIDTFF. É membro do Conselho Editorial de várias revistas nacionais e internacionais, incluindo a Revista Internacional de Tecnologia Educativa no Ensino Superior (ETHE).

Referências

AMADO, J. Relatório da unidade curricular – introdução à investigação qualitativa em educação. Provas de Agregação não publicadas. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2009.

AUSUBEL, D. P. The nature of meaning and meaningful learning. In: AUSUBEL, D.P. The Acquisition and Retention of Knowledge: a cognitive view. Dordrecht: Springer, 2000. DOI: https://doi.org/10.1007/978-94-015-9454-7_4

BERK, R. A. Multimedia teaching with video clips: TV, movies, YouTube, and mtvU in the college classroom. International Journal of Technology in Teaching and Learning, [s.l.], v. 5, n. 1, p. 1-29, 2009.

BIGGS, J. Teaching for quality learning at university: what the student does. Buckingham: Open University Press, 1999.

CARAPETO, C.; FONSECA, F. Administração pública: modernização e inovação. Lisboa: Edições Sílabo, 2014.

COLL, C., MARTÍN, E., MAURI, T., MIRAS, M., ONRUBIA, J., SOLÉ, I., & ZABALA, A. O construtivismo na sala de aula: novas perspectivas para a acção pedagógica. Porto: ASA Editores, 2001.

DONNAY, J., ROMAINVILLE, M. (Eds.). Enseigner à l'université: un métier qui s'apprend?. Bruxelles: De Boeck Université, 1996.

GOETSH, D.; DAVIS, S. Quality Management for organizational excellence: introduction to total quality management. 6. ed. USA: Pearson, 2014.

KARPPINEN, P. Meaningful learning with digital and online videos: theoretical perspectives. AACE Review, v.13, n. 3, p. 233-250. Norfolk, abr. 18. Disponível em: https://www.learntechlib.org/primary/p/6021/. Acesso em 15 de dezembro de 2021.

MAHON, P.; CROTTY, Y. Coming to “grips” with educational video production. Nursing made Incredibly Easy!, vol. 18, n. 5, p. 6-10, 2020. DOI: https://doi.org/10.1097/01.NME.0000694204.42621.8e

MYLLYMÄKI, M.; HAKALA, I.; HARMANMAA, T. A new way to produce video-based learning Material. v. 1, n. 9, 2018. DOI: https://doi.org/10.1109/EAEEIE.2018.8534243

OECD. Quality and teaching: a partnership with a future. 2009. Disponível em http://www.oecd.org/dataoecd/36/50/42492790.pdf. Acesso em 15 de dezembro de 2021.

OKOPNYI, P.; JUHLIN, O.; GURIBYE, F. Unpacking editorial agreements in collaborative video production. Barcelona: ACM, 2020.

PACHECO, J. (Org.). Componentes do processo de desenvolvimento do currículo. Braga: Livraria Minho, 1999.

PRENSKY, M. How to teach with technology: keeping both teachers and students comfortable in an era of exponential change. Emerging Technologies for Learning, [sl.l.], v. 2, p. 40-46, 2007.

SNELSON, Ch. Video production in content-area pedagogy: a scoping study of the research literature, Learning, Media and Technology, 43:3, pp. 294-306, 2018. DOI: https://doi.org/10.1080/17439884.2018.1504788

UNIVERSIDADE DE AVEIRO. Guião da unidade curricular – didática das expressões e comunicação. Departamento de Educação e Psicologia, Licenciatura em Educação Básica: Universidade de Aveiro, 2020.

WINSLETT, G. What counts as educational video? working toward best practice alignment between video production approaches and outcomes. Australasian Journal of Educational Technology, v. 30, n. 5, p. 487–502, 2014. DOI: https://doi.org/10. 14742/ajet.458