Tópicos de Geometria no Ensino fundamental: um olhar para coleções de livros didáticos norteados pela Base Nacional Comum Curricular

Conteúdo do artigo principal

Doutoranda Renata Camargo dos Passos Barros
https://orcid.org/0000-0002-5845-8482
Doutoranda Cristiane dos Santos Oliveira
https://orcid.org/0000-0002-2308-7490
Dr. André Luis Andrejew Ferreira
https://orcid.org/0000-0001-6353-4665

Resumo

Este estudo buscou analisar de que maneira os objetivos de aprendizagem relacionados à Unidade Temática Geometria, propostos no documento Base Nacional Comum Curricular (BNCC), para o Ensino Fundamental, estão dispostos nas coleções de Livros Didáticos aprovadas pelo Plano Nacional do Livro Didático. Para as análises foram selecionadas as coleções - Ápis” e “A Conquista da Matemática”, adotadas na rede municipal de ensino da cidade de Maringá-Paraná, e na rede estadual de ensino do mesmo estado. De abordagem qualitativa e de cunho documental, foi utilizada a Análise de Conteúdo nas análises. Os resultados revelam que os objetivos de aprendizagem propostos pela BNCC em relação à Geometria Plana e Espacial, são explorados com maior ênfase na coleção dos anos iniciais em comparação à coleção dos anos finais, ao estabelecer os objetos de conhecimento para o ensino fundamental. Este estudo traz um alerta a respeito do tratamento acerca dos tópicos de Geometria elencados pela BNCC, quanto às competências e habilidades e aos Objetivos de Aprendizagem, na medida em que evidenciamos uma discrepância em relação à abordagem e exploração das relações entre figuras espaciais e planas, propostas pelo documento nas coleções aqui analisadas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
BARROS, R. C. dos P. .; OLIVEIRA, C. dos S.; FERREIRA, A. L. A. . Tópicos de Geometria no Ensino fundamental: um olhar para coleções de livros didáticos norteados pela Base Nacional Comum Curricular. Olhar de Professor, [S. l.], v. 25, p. 1–27, 2022. DOI: 10.5212/OlharProfr.v.25.20423.067. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/20423. Acesso em: 6 fev. 2023.
Seção
A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no contexto das reformas educacionais
Biografia do Autor

Doutoranda Renata Camargo dos Passos Barros, Universidade Estadual de Maringá - UEM

Mestre em Educação Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática - PRPGEM/UNESPAR. Licenciatura plena em Matemática com habilitação em Física pela Universidade Estadual de Maringá. Professora na rede privada de ensino. Especialização em Educação Matemática e Ciências pela UTFPR - Londrina. Possui experiência na área de Matemática com ênfase: Produção de Vídeos, Laboratório de Ensino de Matemática, GeoGebra e cenários animados, Scratch e atividades lúdicas que possibilitem o aprendizado da Matemática.

Doutoranda Cristiane dos Santos Oliveira, Universidade Estadual de Londrina - UEL

Mestre em Educação Matemática (PRPGEM/UNESPAR). Doutoranda em Educação Matemática (PECEM/UEL).

Dr. André Luis Andrejew Ferreira, Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação (Conceito 7 ? CAPES) na Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS em 2010. É pós-doutor em Educação Matemática (Conceito 6 - CAPES) pela Universidade Estadual Paulista, Campus de Rio Claro-SP. É Professor Associado na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), onde atua no Programa de Pós-Graduação de Ensino de Ciências e Matemática - Mestrado Profissional - e no Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática - Mestrado Acadêmico, ambos da UFPel. É pesquisador nas áreas de EaD, Tecnologias Digitais, Vídeos Digitais para o ensino e aprendizagem de Matemática na Educação Básica e Superior.

Referências

ALMEIDA, C. R. M.; KALEFF, A. M. R. Poliedros de Platão sob uma perspectiva de educação matemática usando recursos didáticos concretos e virtuais. In: Anais do XIII Encontro Nacional de Educação Matemática São Paulo, 13., 2016, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: SBEM, 2016. Disponível em: http://www.sbem.com.br/enem2016/anais/pdf/4995_2293_ID.pdf Acesso em: 20/03/2022.

ALMOULOUD, S. A. et al. A geometria no ensino fundamental: reflexões sobre uma

experiência de formação envolvendo professores e alunos. Revista Brasileira de

Educação, Rio de Janeiro, n. 27, p. 94-108, set./dez. 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/xzRGKxDRJ6XS4ZXxLnBTkFL/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 20/03/2022.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BASTOS, M. S. O livro didático nas aulas de matemática: um estudo a partir das concepções dos professores. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 8., 2004, Recife. Anais [...] Recife: SBEM/PE, 2004. Disponível em: http://www.sbem.com.br/files/viii/pdf/07/CC01814219765.pdf. Acesso em: 20/03/2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2017. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/index.php/resolucoes/resolucoes-2017. Acesso em: 22/03/2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino fundamental. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 25/03/2022

BRASIL. Decreto n° 9.099, de 18 de julho de 2017. Dispõe sobre o Programa Nacional do Livro e do Material Didático. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 7, 19 jun. 2007. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2017/decreto-9099-18-julho-2017-785224-publicacaooriginal-153392-pe.html Acesso em: 05/03/2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Programa Nacional do Livro e Material Didático. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2019. Disponível em: https://pnld.nees.ufal.br/pnld_2019/componente-curricular/matematica. Acesso em: 21/03/2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Programa Nacional do Livro e Material Didático. Brasília, DF: Ministério da Educação., 2020. Disponível em: https://pnld.nees.ufal.br/pnld_2020/componente-curricular/pnld2020-matematica. Acesso em: 21/03/2022.

COSTA, M. S.; AVELLATO, N. S. G. Livro didático de matemática: análise de professoras polivalentes em relação ao ensino de geometria. Vidya, v. 30, n. 2, p. 71-80, jul./dez. 2010. Disponível em: https://periodicos.ufn.edu.br/index.php/VIDYA/article/viewFile/312/285. Acesso em: 15/03/2022.

CURY, F. G. Análise de um livro didático de geometria plana apoiada na hermêutica de profundidade. ZETETIKÉ, v. 27, p. 1-21, 2019. doi: https://doi.org/10.20396/zet.v27i0.8654251. Acesso em: 15/03/2022.

DANTE, L.R. Ápis Matemática 1º ano. 3. ed. São Paulo: Ática, 2017a.

DANTE, L.R. Ápis Matemática 2º ano. 3. ed. São Paulo: Ática, 2017b.

DANTE, L.R. Ápis Matemática 3º ano. 3. ed. São Paulo: Ática, 2017c.

DANTE, L.R. Ápis Matemática 4º ano. 3. ed. São Paulo: Ática, 2017d.

DANTE, L.R. Ápis Matemática 5º ano. 3. ed. São Paulo: Ática, 2017e.

FAINGUELERNT, E. K. Matemática: Representação e Construção em Geometria. Porto Alegre: Artmed, 1999.

FONSECA, A. G.; VILELA, D. S. Livros Didáticos e Apostilas: o currículo de matemática e a dualidade do ensino médio. Bolema, Rio Claro (SP), v. 28, n. 49, p. 557-579, abr. 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bolema/a/8fBPc8sh4qh3KGZXstJdsLv/abstract/?lang=pt. Acesso em: 12/03/2022.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Editora Atlas S.A, 2002.

GIOVANNI, J. R.; JÚNIOR, J. R. G.; CASTRUCCI, B. A Conquista da Matemática 6. 4 ed. São Paulo: FTD, 2019a.

GIOVANNI, J. R.; JÚNIOR, J. R. G.; CASTRUCCI, B. A Conquista da Matemática 7. 4 ed. São Paulo: FTD, 2019b.

GIOVANNI, J. R.; JÚNIOR, J. R. G.; CASTRUCCI, B. A Conquista da Matemática 8. 4 ed. São Paulo: FTD, 2019c.

GIOVANNI, J. R.; JÚNIOR, J. R. G.; CASTRUCCI, B. A Conquista da Matemática 9. 4 ed. São Paulo: FTD, 2019d.

LAJOLO, M. Livro didático: um (quase) manual do usuário. Em aberto, v. 16, n. 69, Brasília, 1996. Disponível em: http://www.emaberto.inep.gov.br/ojs3/index.php/emaberto/article/view/2368 Acesso em: 15/03/2022.

LOCATELLI, S. C. Ensino de Geometria: O que revelam as tarefas escolares? 2015. 148f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015. Disponível em: http://www.ppe.uem.br/dissertacoes/2015/2015%20-%20Sueli.pdf. Acesso em:10/03/2022.

LORENZATO, S. Por que não ensinar Geometria? Educação Matemática em Revista. SBEM, Brasília, n. 4, p. 3-13, 1995. Disponível em: http://professoresdematematica.com.br/wa_files/0_20POR_20QUE_20NAO_20ENSINAR_20GEOMETRIA.pdf. Acesso em: 21/03/2022.

LORENZATO, S. Para aprender matemática. Campinas: Autores Associados, 2006.

MACEDO, J. A.; BRANDÃO, D. P.; NUNES, D. M. Limites e possibilidades do uso do livro didático de matemática nos processos de ensino e de aprendizagem. Educação Matemática Debate, v. 3, n. 7, p. 68-86, jan./abr. 2019. Disponível em: https://www.redalyc.org/journal/6001/600166634004/movil/. Acesso em: 20/03/2022.

MOURA, L. K. J; KRINDGES, A; WIELEWSKI, G. D. As vantagens do modelo de Van Hiele no ensino de Geometria. Educação Matemática em Revista. v. 2, n. 21, p. 56-65, nov. 2020. DOI: https://doi.org/10.37001/EMR-RS.v.2n.21.2020.p.56-65. Acesso em: 20/03/2022.

OLIVEIRA, E. M. Q. O uso do livro didático de matemática por professores do ensino fundamental. 2007. 152 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Mestrado em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4542. Acesso em: 21/03/2022.